brasil

Relator vota a favor da Gradiente em ação contra Apple por uso da marca 'iPhone'

A disputa entre as empresas pela exclusividade da marca teve início em 2013

  • D
  • Da Redação

Publicado em 3 de junho de 2023 às 19:32

 - Atualizado há um ano

. Crédito: Shutterstock

O ministro Dias Toffoli, relator de ação no Supremo Tribunal Federal (STF) que julga qual empresa pode usar a marca "iPhone" no Brasil, votou a favor da Gradiente na disputa contra a Apple. O julgamento iniciou em plenário virtual ontem e vai até dia 12 de junho. A disputa entre as empresas pela exclusividade da marca teve início em 2013, quando a Apple pediu a nulidade do registro da marca mista "Gradiente iphone" no Instituto Nacional de Propriedade Industrial (Inpi). A empresa argumentou que seu histórico empresarial está associado à marca, enquanto a Gradiente só poderia utilizar a expressão completa "Gradiente iphone". Já a Gradiente alega ter submetido a marca ao INPI em 20 de março de 2000, quando a Apple ainda não atuava no ramo. A controvérsia foi objeto de uma tentativa de conciliação em 2020, mas não houve acordo entre as partes. Em seu voto, Toffoli propôs a tese de que "a precedência de depósito de pedido de concessão de registro de marca não é afetada por uso posterior de mesmo sinal distintivo por terceiros no Brasil ou no exterior". A ação tem repercussão geral, ou seja, a tese afetará todos os julgamentos com disputas semelhantes que tramitam na Justiça.