Ivete fala sobre treta com Baby no Carnaval: 'Cada um seguindo a sua fé'

Baby do Brasil fez previsão de apocalipse em plena folia, e foi rebatida por Veveta: 'Vou macetar'

Publicado em 11 de fevereiro de 2024 às 17:37

Ivete Sangalo no comando do bloco Coruja neste domingo (11)
Ivete Sangalo no comando do bloco Coruja neste domingo (11) Crédito: Arisson Marinho/CORREIO

Celebrando 30 anos de carreira, o tema do carnaval de Ivete Sangalo não poderia ser outro. São três décadas de sucesso e protagonismo na folia baiana. A festa de 2024 prova isso: mostrando porque tem o título de dona da festa carnavalesca no país, a cantora ocupa o primeiro lugar das canções mais ouvidas do Spotify Brasil com “Macetando”, gravada em parceria com Ludmilla.

Entre figurinos comemorativos, hit de verão na boca e no corpo do povo, abertura histórica do carnaval de Salvador com Carlinhos Brown, Ilê Aiyê e Baiana System na Praça Castro Alves e a expectativa de seu retorno para o circuito Osmar (Campo Grande) - onde a cantora se apresenta na terça-feira (13), encerrando a folia baiana -, uma interação de Ivete e a cantora Baby do Brasil tomou conta das redes sociais depois do seu desfile no Bloco Coruja neste sábado (10).

Ivete ouviu de Baby uma previsão de que o apocalipse acontecerá entre 5 e 10 anos. Surpresa com a previsão no meio da folia, Veveta reagiu: "Eu não vou deixar acontecer porque não tem apocalipse certo quando a gente maceta o apocalipse".

Antes de desfilar pelo segundo dia no bloco Coruja, a mãe de Marcelo, Marina e Helena comentou o momento com o Alô Alô Bahia no camarim do seu trio:

“É uma questão da gente falar o propósito dessa festa, que é um propósito de alegria. É uma pessoa [Baby] que eu amo muito, uma cantora extraordinária, minha amiga pessoal. A gente, na verdade, fala muito da mesma coisa, sobre um Deus, um Deus que guia a todos nós, um Deus que organiza as religiões porque ele dá o livre a vida, e ele é o grande administrador de todos nós. Cada um fazendo suas escolhas, cada um seguindo a sua fé, o seu sentimento de se sentir em paz, mas existe um grande Deus que organiza tudo isso, e eu acredito nele, e ela também”, disse.

30 carnavais

Com 30 carnavais, Ivete Sangalo garante que a folia baiana nunca é a mesma coisa e que, ao longo do anos, vem concentrando bons sentimentos e aprendizado com as experiências:

“Ele [Carnaval] naturalmente se reinventa, se transforma. A gente vai entendendo, como se fosse uma massinha de modelar, a gente vai compreendendo. Mas assim, o Carnaval do Salvador sempre surpreende porque é uma festa muito popular, onde o povo vai para a rua mesmo, é uma comoção, é uma alegria”, revelou. Neste domingo (11), ela faz uma homenagem ao CD As super novas.

Em um clima mais ameno neste domingo (11) - os termômetros marcavam 28º em Salvador -, Ivete começou o seu desfile agradecendo aos foliões e cordeiros pela compreensão no atraso geral na saída dos trios no dia anterior. Ela agitou seus foliões com canções como “Só Love na Cabeça” e “Dalila” e levou os foliões do seu bloco e a massa da pipoca atrás do trio.

O Correio Folia tem apoio institucional da Prefeitura Municipal de Salvador