Comprova

Post de Bolsonaro usa montagem com foto de Lula e Boulos em reportagem sobre presídios

Reportagem do Metrópoles fala sobre dados não divulgados pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) e a ilustra com uma foto do Complexo Penitenciário da Papuda

  • Foto do(a) author(a) Projeto Comprova
  • Projeto Comprova

Publicado em 10 de maio de 2024 às 10:53

Falso: Post do perfil de Jair Bolsonaro (PL) no X usa uma montagem para relacionar a imagem de Lula (PT) e Guilherme Boulos (Psol) a uma reportagem sobre número de fugas em presídios na qual eles não são citados. Reportagem do Metrópoles fala sobre dados não divulgados pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) e a ilustra com uma foto do Complexo Penitenciário da Papuda. A fotografia de Lula e Boulos juntos é de 2023 e foi tirada durante sanção do Programa Cozinhas Solidárias.

Conteúdo investigado: Uma publicação no perfil do X do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) compartilha uma captura de tela de reportagem do portal Metrópoles intitulada “Governo coloca em sigilo números de fugas em presídios brasileiros”. Na imagem aparece uma foto do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o deputado federal Guilherme Boulos (Psol-SP). Na legenda, Bolsonaro escreve: “O maior mentiroso da história do Brasil em sua rotina diária” e “Claro, que esse sigilo é apenas mais uma cabulosa coincidência!”.

Post de Bolsonaro usa montagem com foto de Lula e Boulos em reportagem sobre presídios
Post de Bolsonaro usa montagem com foto de Lula e Boulos em reportagem sobre presídios Crédito: Projeto Comprova

Onde foi publicado: X.

Conclusão do Comprova: A imagem publicada por Jair Bolsonaro é uma montagem que utiliza a captura de tela de uma reportagem do portal Metrópoles intitulada “Governo coloca em sigilo números de fugas em presídios brasileiros” e uma fotografia de Lula com Guilherme Boulos. Essa, no entanto, não é a foto original publicada pelo site.

A reportagem do Metrópoles, publicada no domingo, 5 de maio, utiliza uma foto do Complexo Penitenciário da Papuda, no Distrito Federal. Por meio da ferramenta WayBack Machine, é possível ver que a foto utilizada pelo portal para ilustrar a reportagem é a mesma desde a publicação.

Já a foto que aparece no post de Bolsonaro foi tirada em julho de 2023, na cerimônia de sanção do Programa Cozinhas Solidárias e publicada por Boulos nas redes sociais. Nem o deputado, nem Lula, são citados na reportagem. Também é possível notar que na imagem postada por Bolsonaro, não aparece no canto superior direito o crédito de autoria da foto, algo que é padrão nas publicações do Metrópoles.

Outra evidência de manipulação é que na imagem publicada pelo ex-presidente da República não aparecem os botões de compartilhamento em redes sociais (WhatsApp, Facebook, X e Telegram) que são utilizados normalmente pelo Metrópoles e que aparecem na página original.

Na legenda do tuíte, Bolsonaro diz: “O maior mentiroso da história do Brasil em sua rotina diária. Claro, que esse sigilo é apenas mais uma cabulosa coincidência!”. A reportagem do Metrópoles aponta que o Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) classificou dados sobre fugas de presídios no Brasil como de “caráter reservado”. A afirmação foi dada em resposta a um pedido da reportagem via Lei de Acesso à Informação (LAI).

Semestralmente, a Secretaria Nacional de Políticas Penais (Senappen) divulga relatórios do Sistema de Informações do Departamento Penitenciário Nacional (Sisdepen). As publicações compilam dados fornecidos por meio de formulário pelas Secretarias de Administração Prisional de todos os Estados e DF e pelo Sistema Penitenciário Federal. No entanto, apesar de pedir números de fugas no formulário, a Senappen não divulga esses dados. Ao Metrópoles, o MJSP afirmou que as informações sobre fugas são classificadas como reservadas há 10 anos e que, portanto, o sigilo não foi colocado pela gestão atual.

A assessoria do ex-presidente Jair Bolsonaro foi procurada pelo Comprova, mas não houve retorno.

Falso, para o Comprova, é o conteúdo inventado ou que tenha sofrido edições para mudar o seu significado original e divulgado de modo deliberado para espalhar uma falsidade.

Alcance da publicação: O Comprova investiga os conteúdos suspeitos com maior alcance nas redes sociais. Até o dia 8 de maio, o post no X tinha 1,2 milhão de visualizações, 44 mil curtidas, 10 mil compartilhamentos e 2 mil comentários.

Fontes que consultamos: Procuramos pela publicação original do site Metrópoles. Por meio da ferramenta WayBack Machine, foi possível recuperar versões anteriores e checar se a foto de Lula e Boulos havia sido utilizada na matéria. Encontramos a foto utilizada por Bolsonaro nas redes sociais do deputado Guilherme Boulos, publicada em julho de 2023, data em que o atual presidente sancionou o Programa Cozinhas Solidárias. Também consultamos a redação do site Metrópoles, que é membro do Comprova, e procuramos a assessoria do ex-presidente Jair Bolsonaro para tentar identificar a origem da montagem.

Por que o Comprova investigou essa publicação: O Comprova monitora conteúdos suspeitos publicados em redes sociais e aplicativos de mensagem sobre políticas públicas, saúde, mudanças climáticas e eleições no âmbito federal e abre investigações para aquelas publicações que obtiveram maior alcance e engajamento. Você também pode sugerir verificações pelo WhatsApp +55 11 97045-4984.

Outras checagens sobre o tema: Boatos de que Lula teria vetado projeto que proíbe “saidinhas” de presídios e de que presos teriam acordo com o presidente foram checados pela Agência Lupa. Também é enganoso que o ministro Ricardo Lewandowski tenha feito acordo com o Comando Vermelho para encontrar fugitivos de Mossoró, como mostrou a AFP. O Comprova mostrou ainda ser enganosa publicação que diz que todos os juízes que condenaram Lula foram afastados de seus cargos pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ).