Coca-Cola e McDonald's exigem saída de Joseph Blatter do comando da Fifa

Os patrocinadores alegaram que a instituição precisa passar por um "processo de reforma crível e sustentável"

Publicado em 2 de outubro de 2015 às 18:10

- Atualizado há 10 meses

A multinacional de bebidas Coca-Cola exigiu nesta sexta-feira (2) a saída imediata do então presidente da Fifa, Joseph Blatter, do comando da entidade. A empresa, uma das patrocinadoras da Fifa, cobra uma reforma sustentável na entidade que comanda o futebol mundial.(Foto: AFP)"Para o benefício do jogo, a Coca-Cola quer que o presidente da Fifa, Joseph Blatter, saia imediatamente para que um processo de reforma crível e sustentável possa começar seriamente. A cada dia que passa, a imagem e reputação da Fifa estão sendo ainda mais manchadas", disse a empresa em comunicado.

Logo após a emissão do comunicado da Coca-Cola, o McDonald's, outro patrocinador da Fifa, também pediu a saída do suíço. Na semana passada, a Justiça suíça anunciou a abertura de um processo penal contra o dirigente, que voltou a estampar de forma negativa os principais jornais do mundo.

[[saiba_mais]]