Daniele Hypolito, Thaís Fidelis e Caio Souza ganham ouro na Copa do Mundo de ginástica

As medalhas foram conquistadas na trave, solo e barra fixa na etapa de Varna, na Bulgária

Publicado em 3 de setembro de 2017 às 16:29

- Atualizado há 10 meses

. Crédito: Foto: Divulgação CBG

Daniele Hypolito já tem 32 anos, mas continua colecionando medalhas. Neste domingo (3), ela foi ouro na disputa de trave na etapa de Varna da Copa do Mundo de ginástica artística, na Bulgária. Daniele Hypolito não foi convocada para representar a seleção brasileira no Mundial de ginástica artística de Montreal, que será disputado em outubro, mas venceu no aparelho sem dificuldades ao somar 13.750 pontos. A prata ficou com a inglêsa Georgia Fenton (12.500) e o bronze com a búlgara Pamela Georgieva (11.800). 

O Brasil também ficou com o ouro na disputa do solo, com Thaís Fidelis, que, ao contrário de Daniele Hypolito, está convocada para o Mundial. Ela venceu ao somar 13.500 pontos. A canadense Shallon Olsen ficou com a prata e a egípcia Farah Hussein com o bronze. 

No masculino, o Brasil levou o ouro na barra fixa com Caio Souza. O colombiano Jossimar Calvo Moreno foi prata e o croata Anton Kovacevic bronze. Caio Souza também levou o bronze nas barras paralelas, atrás dos ucranianos Petro Pakhniuk e Oleg Verniaiev.