esportes

Para 62,8% dos brasileiros, Neymar é inocente em acusação de estupro

Pesquisa foi realizada pelo Instituo Paraná

  • D
  • Da Redação

Publicado em 7 de junho de 2019 às 19:52

 - Atualizado há um ano

. Crédito: Foto: AFP

Uma pesquisa divulgada pelo Intituto Paraná Pesquisas aponta que a maioria dos brasileiros acredita na inocência do atacante Neymar na acusação de estupro feita pela modelo baiana Najila Trindade, 26 anos. O instituto entrevistou 2.071 pessoas em 180 municípios dos 26 estados e do Distrito Federal entre 4 e 6 de junho. Por telefone, questionou a pessoas de sexo, faixa etária, escolaridade e nível econômico diferentes, acima dos 16 anos: “O jogador Neymar está sendo acusado de estupro, para o Sr(a) ele é culpado ou inocente?”  O resultado mostra que 62,8% dos entrevistados creem que Neymar é inocente, enquanto 14% acreditam que ele é culpado. Outros 23,2% não souberam responder ou não responderam.  Entre as mulheres, 50,8% acreditam na inocência e 18,1% na culpa do jogador contra 66,2% e 9,4%, respectivamente, dos homens.

Caso O suposto crime de estupro aconteceu no dia 15 demaio, durante um encontro entre Neymar e a modelo Najila Trindade em um hotel de Paris. No dia 1º de junho, Najila registrou Boletim de Ocorrência em uma delagacia de São Paulo acusando o jogador. No mesmo dia, Neymar usou as redes sociais para divulgar um vídeo com conversas e fotos íntimas da modelo. Por conta disso, ele está sendo investigado por crime cibernético.