"Se alguém me chamar de gorda mais uma vez, eu mato", diz Ronda Rousey

A lutadora americana volta ao octógono em novembro, para enfrentar Holly Holm no UFC 193

Publicado em 15 de outubro de 2015 às 15:22

- Atualizado há 10 meses

(Foto: Reprodução/Instagram)A campeã peso-galo do UFC, a americana Ronda Rousey, ameaçou matar quem a chamar de gorda. A bela manifestou sua indignação em relação às críticas sobre seu corpo em uma entrevista ao jornal The New York Times. "Juro por Deus, se alguém me chamar de gorda mais uma vez, eu mato", declarou.

Segundo ela, desde a adolescência, em seus primeiros torneios de judô, recebe críticas sobre sua silhueta e isso poderia ter levado à bulimia. "Eu tinha vergonha de mostrar meus braços grandes", contou. Ronda disse que usava jaquetas grandes para não ser vítima de bullying.

Ronda, por sua vez, superou as críticas e hoje se diz satisfeita com a sua imagem. "Se não posso representar o tipo de corpo das mulheres que é representada com exaustão na mídia, então ficarei feliz com isso", revelou.

A lutadora de 1,7m e 66kg voltará ao octógono do UFC em 14 de novembro, para enfrentar a também americana Holly Holm, na luta principal do UFC 193. O evento acontece na Austrália e marcará a sétima defesa de cinturão de Ronda.