Tricolor já viaja hoje para Belém, onde enfrenta o Paysandu amanhã

Amanhã, o tricolor já volta a campo contra o Paysandu, adversário direto, às 21h30, em Belém

Publicado em 5 de outubro de 2015 às 09:22

- Atualizado há 10 meses

Faltam apenas nove jogos para o fim da Série B e o Bahia não tem tempo para lamentar a derrota sofrida para o Vitória no Ba-Vi de sábado, na Fonte Nova. Amanhã, às 21h30, o tricolor já tem mais um difícil desafio, desta vez em Belém, contra o Paysandu, adversário direto na briga pelo acesso. O elenco viaja hoje.

Com o mesmo número de pontos do Bahia, 47, o time paraense ocupa a  5ª posição  na tabela, uma acima do Esquadrão, já que possui duas vitórias a mais. Os dois times estão a um ponto do América-MG, que venceu o Mogi Mirim de virada na noite de sábado por 2x1 e entrou no G-4. Após a derrota no clássico, elenco do Bahia se reapresentou no Fazendão, só com reservas no campo, caso dos laterais Vitor e Adriano Apodi (Foto: EC Bahia/Divulgação)O meia Tiago Real admite que o grupo  ainda está abalado com a derrota no clássico, mas focado no próximo confronto. “Estamos lambendo as feridas para cicatrizar e seguir. Temos nove finais pela frente e não dá para desanimar. Nosso objetivo ainda é muito alcançável”, analisa o camisa 20.

“Sabemos que eles têm um lado direito forte, com o Pikachu, além de um ataque rápido, mas eles têm pontos falhos. Não temos outra alternativa a não ser surpreender e vencer”, completa o meia.

Tudo indica que não será um jogo fácil para o Bahia. Além da força do Paysandu, o técnico Sérgio Soares tem dois desfalques significativos: o artilheiro do time, Kieza, expulso no Ba-Vi, e o atacante Roger, com uma virose. Zé Roberto é opção. Os laterais Cicinho e Ávine seguem machucados.

Além dos problemas com desfalques, o tricolor também não tem bons resultados fora de casa. São apenas dois triunfos em 14 jogos, além de sete empates e cinco derrotas, com 31% de aproveitamento.

Por outro lado, o Paysandu não poderá contar com sua dupla de zaga titular, já que  Fernando Lombardi e Thiago Martins cumprirão suspensão automática.

COMBINAÇÃO Para voltar ao G-4, o tricolor precisa vencer o Paysandu e torcer por tropeço do Santa Cruz, que viaja para enfrentar o CRB em Maceió, ou do América-MG, que recebe o Macaé em Belo Horizonte. Santa e América têm 48 pontos e também jogam amanhã.

Esse será o primeiro de uma sequência de dois jogos fora de casa do tricolor. Na rodada seguinte, o Bahia encara o Oeste em Osasco-SP, no dia 17.