Hernane não cansa de brocar e é o rei do Carnaval tricolor em 2016

Com faro de gol apurado, Brocador já balançou as redes quatro vezes nos primeiros jogos da temporada

Publicado em 2 de fevereiro de 2016 às 09:17

- Atualizado há 10 meses

Foliões e tricolores passarão a se confundir na avenida a partir de amanhã.  A busca pelo tricampeonato baiano dará lugar à corrida atrás do trio elétrico, já que a bola só volta a rolar no estadual após o término da folia momesca.Dois dos circuitos oficiais do futebol na Bahia, os gramados da Fonte Nova e Pituaçu viram Hernane desfilar seu faro de gol nos dois primeiros jogos da temporada. As redes balançaram duas vezes em cada oportunidade, no amistoso contra o Santos e na estreia do time no Baiano, contra a Juazeirense. A torcida tirou o pé do chão, como em todo Carnaval, e já cantou até música para o novo artilheiro: “Tra tra tra tra tra, o Hernane vai brocar”.A primeira contratação do Bahia em 2016 vem fazendo jus  à expectativa criada desde o anúncio, em 23 de dezembro do ano passado. Não por acaso, assumiu o posto de protagonista em um time ainda em formação e sem a presença de grandes estrelas.Hernane comemorou com a coreografia do 'tra tra tra' ao marcar o primeiro gol diante da Juazeirense (Foto: Felipe Oliveira/ECBahia)Mais que um jogador de futebol, Hernane é um personagem. Apelidado de “Brocador” quando foi artilheiro no Flamengo, veio, enfim, partilhar junto com seus conterrâneos um termo, genuinamente, baiano. Bom Jesus da Lapa é agora, certamente, a mais tricolor entre as cidades do interior do estado.Sem cordas nem amarras, é o camisa 9 quem vem puxando o bloco do Bahia. Depois de tanto tempo fora do estado, desde que saiu para iniciar a carreira profissional em São José do Rio Preto, no interior paulista, em 2008,  a readaptação tem sido acima da esperada. Se o apelido e o jeito característico de falar nas entrevistas não negam as origens, Hernane mostrou também que a relação Carnaval x futebol ainda corre no sangue.Como já é de praxe no primeiro semestre de cada ano, o Brocador oficializou domingo, na comemoração do seu primeiro gol contra a Juazeirense, a trilha sonora criada pela torcida para ele. Depois que brocou, de pênalti, foi pra galera, pegou a metralhadora imaginária e trouxe o hit do Verão à cena.Tal qual a banda Vingadora, a quem compete o título da música e coreografia, Hernane pretende vingar os tricolores também nos Ba-Vis, já que no ano passado, nos três clássicos da temporada, o rubro-negro ganhou dois e houve um empate. Se o dia 13 de março, data do primeiro Ba-Vi do ano, ainda está longe, a provocação, no entanto, já começou.“Vitória não! TRIUNFO, né... Não me metralhem não. Deixa o tra tra tra pra mim!”, disse o jogador no Twitter, após cometer o pequeno “deslize” e ser corrigido imediatamente pelos tricolores que estavam online. A primeira publicação, antes da retificação foi a seguinte: “Feliz pela vitória e por marcar mais duas vezes com a camisa do @ecbahia. Tra! Tra! Tra! #BBrocadorMP”.Folga Assim como todo o elenco, Hernane terá folga no domingo de Carnaval para, quem sabe, matar a saudade da festa. O Brocador foi procurado pelo CORREIO ontem, mas teve que levar a filha ao pediatra e não pôde atender.