Além do Carnaval: CORREIO lista opções de programas alternativos para quem quer fugir da folia

Tem opções para todo tipo de folião ao avesso

Publicado em 6 de fevereiro de 2016 às 18:07

- Atualizado há 10 meses

Por mais que a cidade de Salvador esteja respirando Carnaval, ainda tem muita gente que nem pensa em tirar o pé do chão ou muito menos seguir atrás do trio elétrico durante os sete dias de festa. Mas não precisa ficar trancado em casa se você não morre de amores pelo Carnaval. Dá para se divertir sem precisar pular até a Quarta-Feira de Cinzas. CORREIO listou 15 programas alternativos para movimentar o feriado de Carnaval de quem não curte muito a agitação da folia momesca.(Foto: Divulgação)Tem opções para todo tipo de folião ao avesso – daqueles que vão preferir trocar a festança na rua por jogo da final do futebol americano – ou até por um passeio de escuna, pipoca com Netflix, música eletrônica, samba em alto mar, um passeio de bicicleta no Parque de Pituaçu e, quem sabe, um chopp dobrado (veja no boxe ao lado).  No domingo de Carnaval, pelo menos três destes destinos estão na programação que o gestor de produção Jonatan Albuquerque esquematizou para os dias de Carnaval. Mesmo nascido e criado na Barra, o roteiro dele é outro.

VEJA TUDO O QUE ESTÁ ROLANDO NO CARNAVAL

De tarde, tem festa com música eletrônica; à noite a final ao vivo da liga de futebol americano. Logo após, todos os caminhos levam ao barzinho mais próximo. “Está tudo certo. De tarde vou a uma festa no Hotel Pestana e à noite sigo com mais uma galera para assistir a final do futebol americano no cinema. Depois, com certeza, vai rolar aquela cervejinha”, conta.Ficar em casa também não está nos planos do administrador Iago Matiello que optou pelo bom e velho rock’n roll. “Todo ano frequento o palco do rock e é muito mais tranquilo. Além de me identificar mais com este estilo de música, a gente percebe que mesmo não gostando de Carnaval dá para se divertir”. Ir a praia também é mais um destino certo para Matiello aproveitar o feriadão. “Na verdade, a cidade não para e a dá sempre para encontrar algo legal para fazer longe dos circuitos”.  Jonatan prefere ficar em casa curtindo futebol americano (Foto: Evandro Veiga/CORREIO)Diversão alternativaAo contrário de Iago, o assistente Rogério Souza acredita que a diversão pode estar dentro de casa mesmo.  “Prefiro coisas mais tranquilas, por conta disso não vejo muito interesse pelo Carnaval. Tem uns filmes que quero assistir como clube de Luta além da temporada da série Arquivo X, que está a um bom tempo me esperando”, diz. Enquanto uma multidão joga as mãozinhas pra cima na palminha da mão, Rogério estará no conforto do sofá acompanhado de uma boa pipoca. “Minha intenção é descansar a mente mesmo”, garante.Na casa do advogado Leonardo Monteiro, o churrasco abre a programação do domingo de Carnaval a partir de meio-dia. Ao invés de descer para a Barra, ir ver os blocos que desfilam no Campo Grande ou conferir a programação do Pelourinho, Monteiro resolveu fazer a festa em casa mesmo. “O churrasco vai começar no almoço e a gente leva até a meia noite para acompanhar a "final" do futebol americano. O abadá vai ser a camisa do time que cada um torce no Super Bowl”, planeja. É mais amor pelo futebol americano do que pelo Carnaval – e olha que o time de Leonardo nem se classificou para a final. “É um esporte apaixonante. Não vai deixar de ser festa”.Doc funciona em horário especial (Foto: Divulgação)Agito nas vendasÉ grande o interesse de bares, restaurantes e outras opções de lazer pelo o público que não vê muita graça no Carnaval. O bar e restaurante Doc Casual Dinning, localizado na Pituba, vai funcionar com um esquema de horário especial durante todos os dias de Carnaval e, de quebra, dobrar o chopp e a roska de domingo até terça-feira. A expectativa é aumentar o faturamento em 15%. “Tendo em vista que tem muita gente que não curte Carnaval, mas que quer sair à noite, nós vamos funcionar todos os dias”, afirma o gerente Robson Mota.

A rede UCI Orient de Cinemas também aposta no crescimento de fluxo de pessoas durante os dias de folia. Segundo a coordenadora de Marketing, Fabiana Sabbag, a estreia de filmes nesta semana com promessas de alto nível de bilheteria deve manter as salas cheias. “Além de termos filmes como os Dez Mandamentos, que na última semana teve 90% da bilheteria vendida, chega aos cinemas o filme o Regresso, com Leonardo di Caprio, que também vem de uma boa aceitação por estar concorrendo ao Oscar”, avalia.Além disso, a rede de cinemas vai transmitir ao vivo no domingo de Carnaval, a final da National Football League (NFL), a maior liga de Futebol Americano do mundo. O cinema reservou a sala XPlus do Shopping da Bahia e a sala Delux do Shopping Barra para transmissão da partida entre Carolina Panthers e Denver Broncos, às 20h. Os ingressos custam R$ 60,00 (inteira) e R$ 30,00 (meia-entrada). 30% dos ingressos da capacidade total de cada uma das salas estão vendidos.  “O nosso cinema sempre tem programações alternativas. A experiência em si, agrega muito”.

BAIXE O FAROL: O APLICATIVO QUE VAI TE GUIAR NO CARNAVAL

VEJA ALGUMAS OPÇÕES

Rock, reggae e rap no Pelourinho – O som toma conta do Palco Muticultural instalado no Terreiro de Jesus durante o Carnaval. No total, 15 atrações vão se apresentar no local entre os dias 6 e 9 de fevereiro (de sábado a terça). Na programação, atrações como Rafael Pondé, Raulzito e Aspiral do Reggae. Também vai ter música eletrônica durante os intervalos, com discotecagem dos Djs Rubi, Akani e Nai Sena.Palco do Rock – De 6 a 9 de fevereiro (sábado à terça-feira), na Praia do Jardim de Alah vai ter muito rock n' roll. Os shows irão começar sempre às 18h. O festival é gratuito, mas serão aceitas doações de alimentos não perecíveis ou brinquedos. No total, 36 atrações devem passar pelo Palco do Rock, entre elas Unconscious Disturbance, The Cross, Circo de Marvin e Batrakia.Festa Solaris - A primeira edição da Solaris acontece no domingo de Carnaval, 7 de fevereiro (domingo). Ao som de muita música eletrônica de qualidade sob o comando dos djs Alex Stein, Rodrigo Bouzon, Havel, Dan Libório e Gustavo Gouveia, a festa será  no terraço do Hotel Pestana Bahia, no Rio Vermelho, das 15h às 22h. Os ingressos estão à venda na Ticketmix a R$ 50. Mais informações: (71) 98400-6182.Papa Party – Também pela primeira vez, desembarca na capital baiana em pleno Carnaval, a Papa Party, do produtor israelense e ícone da cena gay mundial, Eliad Cohen. Em Salvador, o produtor apresentará o DJ espanhol Suri, na tarde do dia 9 de fevereiro (terça-feira), das 14h às 22h, no Rooftop do Hotel Pestana Bahia, no Rio Vermelho. Os djs  Anne Louise, Felipe Carvalho e Van Müller também marcam presença na festa. Os ingressos custam R$ 70.Barco do Samba – No sábado (6) a diversão vai ser em alto mar, a bordo do Barco do Samba. O Grupo Aquarela do Samba comanda mais uma edição do Barco do Samba, que toca clássicos do ritmo no mar da Baía de Todos os Santos. A saída será no Terminal Náutico, no Comércio. Os ingressos custam R$ 130 e a participação no bloco pode ser confirmada pelos telefones 71 9199-7411 / 9249-0402 (Wilson Sales) ou 71 9169-3889 (Edmar Cardim) ou ainda pelo e-mail [email protected]. O valor dá direito a cerveja, água, refrigerante e kit com dez salgados.Passeio de Escuna – Durante os dias de Carnaval  de quinta-feira até a terça-feira, o passeio pela Ilha dos Frades e Porto de Areia, em Itaparica sai do Terminal Náutico às 9h até às 17h30. O passeio custa R$ 59 por pessoa e o valor pode ser divido em até 12 vezes no cartão. Mais informações: (71) 3328-0959.Stand up paddle, mergulho com cilindro e outros esportes aquáticos – Os pacotes oferecidos pela Submerso Esportes Aquáticos custam a partir de R$ 15,90, a depender da modalidade escolhida. Dá pra curtir a praia do Porto da Barra de um jeito diferente entre as 8h e as 17h30. Mais informações: (71) 3003-0202.Sofá, pipoca e Netflix –  A assinatura do serviço que funciona como uma espécie de “locadora” de filmes e séries online tem planos a partir de R$ 19,90 ao mês. Após a adesão, a primeira mensalidade é gratuita. Mais informações: 0800-887-0201 ou no site www.netflix.com.br. Recentemente, foram adicionados ao catálogo de opções de filmes como Miss março – a garota da capa, Operações Especiais e Rota de Fuga. O acervo total é atualizado semanalmente e conta mais de 1 milhão de títulos dos mais diversos gêneros.(Foto: Divulgação)Cinema – De sexta-feira (05) até a terça-feira (09), os cinemas UCI Orient Shopping da Bahia e o UCI Orient Shopping Paralela exibirão sessões iniciadas a partir das 13h até às 22h. O UCI Orient Shopping Barra, por estar localizado próximo ao circuito do Carnaval, terá um horário de funcionamento diferenciado. No período de 05 a 09 de fevereiro, o cinema abrirá das 13h às 21h. As salas da Rede Cinemark localizadas no Salvador Shopping funcionam das 9h às 22h até o sábado; de domingo à terça-feira, das 13h às 22h. No cinema do Shopping Salvador Norte, o cinema funciona no domingo, segunda e terça-feira das 13h às 22 horas. No Center Lapa, o horário de funcionamento é normal até a sexta-feira. De sábado á domingo, assim como as lojas do shopping, o cinema estará fechado. As duas salas de cinema do Cinema do Cine Paseo irão funcionar normalmente durante o Carnaval, com filmes sendo exibidos em sessões a partir das 10h30 até 20h30. Durante todos os dias de Carnaval, as salas da Rede Cinépolis do Salvador Norte irá funcionar das 12h45 até 22h25. No Shopping Bela Vista, o funcionamento será de 12h45 as 22h. O filme “O regresso”, com Leonardo di Caprio é um dos filmes que devem estrear na semana de Carnaval.  Com 12 indicações para o Oscar, o filme conta a história de Hugh Glass (Leonardo DiCaprio) um caçador de animais atacado por um urso, que  fica seriamente ferido e é abandonado pelo parceiro de viagem que ainda rouba seus pertences. Glass consegue sobreviver e inicia uma árdua jornada em busca de vingança.Shoppings – No Shopping Barra, o espaço Barra Gourmet (Outback, Santo Pesce, Oliva, Tokai, La Lupa e Doces Sonhos), no 1º Piso, e o restaurante Madero, no 4º Piso, irão abrir todos os dias da folia momesca, em horários especiais: de quinta-feira (04/02) a terça-feira (09/02), funcionarão das 12h às 18h. Já na Quarta-feira de Cinzas (10/02) abrirão das 12h às 23h. No Salvador Shopping, o Game Station  funciona das 9h às 22h até o sábado de Carnaval; Domingo a terça-feira, das 11h às 21h. Praça de Alimentação, Boulevard dos Restaurantes e Espaço Gourmet de quinta à sexta-feira das 9h às 22h. No sábado, opcional após as 20h; de domingo à terça-feira, opcional das 12h às 21h.O Shopping Piedade promove até o dia o dia 5 de fevereiro o Projeto Samba Vivo, com oficinas de turbantes, maquiagens e penteados, das 13h às 17h, no 2º piso, com entrada gratuita. De sábado até terça-feira o Piedade não irá funcionar e só reabre na quarta-feira de Cinzas a partir das 12h. No Shopping Salvador Norte, o Game Station está aberto no domingo até terça-feira das 11 às 22 horas. Na quinta e na sexta-feira, os serviços de lazer e alimentação do Shopping Bela Vista funciona no horário normal; no sábado, das 9h às 21h; domingo, segunda e terça-feira das 12h às 21h. Até sexta-feira, a Praça de Alimentação do Shopping da Bahia funciona normalmente até às 22h; no sábado, das 9h às 21h; domingo, segunda e terça-feira, 12h às 21h. O Shopping Paralela também tem horários de funcionamentos especiais a partir de domingo, até a terça-feira. A praça de alimentação e os itens de lazer do centro de compras estão abertos 12h às 21h.  (falta shopping Cajazeiras)Palácio das Bolinhas – Também tem diversão para curtir com a criançada. O Palácio das Bolinhas instalado na praça principal do Salvador Shopping vai funcionar durante o Carnaval. 06 de fevereiro, sábado, 9h às 20h; 07, 08 e 09 de fevereiro, domingo a terça-feira, 12h às 21h.Chopp e roska dobrada – O DOC Dinning Bar, localizado na Pituba, vai funcionar durante todo Carnaval com horários especiais. Na quinta-feira, o bar estará aberto das 18h às 00h; sexta e sábado, das 18h às 2h e 12h às 2h, respectivamente; domingo, das 12h às 00h e na segunda e terça-feira, das 18h às 00h. Vale a pena aproveitar a roska e o chopp dobrados no domingo, na segunda (das 18h às 22h) e na terça-feira de Carnaval (das 18h às 20h).Parque Metropolitano de Pituaçu – Vai funcionar normalmente no Carnaval das 8 às 18h. Dá para passear de pedalinho na lagoa e aproveitar também a ciclovia com 18 km para pedalada.  Endereço: Avenida Otávio Mangabeira, s/n – Pituaçu.Teatro - A peça As separadas, uma comédia que já foi romântica está em cartaz no Tetro Sesi Rio Vermelho. Com as atrizes Cynara Paiva e Cibele Marina no elenco, a montagem com direção de João Lima, tem como base os vexames reais revelando com graça e poesia o que vem depois do fim do casamento. Aos domingos, às 20h. Ingressos R$ 15 (meia) e R$ 30 (inteira). Mais informações: 3616-7060. Procura pela região da Chapada aumenta 30%A fuga de quem quer manter distância do Carnaval e da multidão aumentou em 30% a procura por destinos que levam ao clima de paz e tranquilidade da Chapada Diamantina. Segundo o presidente da Associação Brasileira das Agências de Viagem (ABAV-BA), José Alves, há hotéis da região que estão lotados antes mesmo do inicio da festa. “As cidades da Chapada como Lençóis, Mucugê e o Capão são os destinos mais procurados por quem quer fugir completamente do Carnaval. Os poucos hotéis que ainda não estão lotados estão com 80% da capacidade ocupada”, afirma.Ainda de acordo com Alves, a variação cambial também deu uma força na preferência por destinos dentro do estado. “No passado, o exterior era o grande destino. Quando você fazia a conta era mais interessante ir para a Europa do que sair todos os dias no Carnaval. A alta do câmbio impactou bastante no aumento da demanda por este tipo de destino. Muita gente que ia para o exterior, agora foge para a Chapada”, assegura.É o que vai fazer a design Marcela Ferreira, que está de malas prontas com destino a Chapada. No ano passado, ela gastou R$ 7 mil para reformar seu carro, que foi depredado e teve os retrovisores externos arrancados. "Chutaram o porta-malas, amassaram a frente e destruíram o farol. Ninguém pagou o prejuízo", lembra ela, que neste ano, decidiu fazer um tour com parentes no Oeste da Bahia. "Lá é mais calmo. Carnaval não existe". Assim como ela, o estudante Kaik Oliveira, 21, pretende ficar os sete dias da folia na Chapada Diamantina. Morador há dois anos de um prédio no Porto da Barra, ele reclama de problemas com a mobilidade no período da festa. "É ruim de transitar para fazer tarefas do cotidiano. Quem tem carro enfrenta engarrafamento, quem pega ônibus tem que se deslocar para pontos muito distantes", explica.O diretor da agência de turismo Alcance Viagens, Luís Carlos Silva César, confirma o aumento da procura pela região conhecida pelas cachoeiras e grutas.  "É onde se tem contato com a natureza, com montanhas e cachoeiras. Ideal para quem procura isolamento, quer desestressar. Destinos que trios elétricos passam longe", diz.