Com o pé imobilizado, Alinne Rosa anima baile infantil em Cajazeiras

Cantora apresentou um repertório com direito a Ilariê, Superfantástico e hits dos Mamonas Assassinas

Publicado em 8 de fevereiro de 2016 às 21:41

- Atualizado há 10 meses

Mesmo com pé imobilizado Alinne Rosa anima bailinho de Carnaval para as crianças em Cajazeiras(Foto: Felipe Souto Maior/Divulgação)Com o pé imobilizado, mas cheia de disposição para não deixar ninguém parado, Alinne Rosa fez a festa das crianças durante o bailinho de Carnaval em Cajazeiras, no Campo da Pronaica. Com um figurino composto por uma mini saia rosa, uma peruca verde e um cropped - que ela mesma caracterizou como uma blusa de jujuba, numa referência às pedrinhas coloridas presentes na blusa – a cantora passeou por seus sucessos novos e antigos, além de um pout-porri feito especialmente para a criançada e composto por canções como Ilariê, Superfantástico e os hits dos Mamonas Assassinas, além da Metralhadora, da banda Vingadoras.

VEJA TUDO O QUE ESTÁ ROLANDO NO CARNAVAL 

 “Já fiz baile diversos, mas é primeira vez que faço um baile infantil. Estou feliz porque o show será um presente para os moradores de um bairro tão grande e populoso”, disse a cantora. Ao longo do show de quase duas horas, Alinne convidou os pequenos para subirem ao palco, inclusive a bebê Aline Vitória e os saltitantes Fabrício e Ivana, recebeu bomba de espuma, ensinou coreografias, elogiou as fantasias de cigana, mulher maravilha, joaninha e os cabelos rosas dos pequenos fãs, fez selfies com o público.

A cantora deu um show de simpatia quando elogiou a participação da Polícia Militar e pediu que eles – que chegaram quase no final da festa – deixassem que os pequenos continuassem se esbaldando na frente do palco. Para Luís Carlos Santos, morador de Cajazeiras, que levou seus filhos Davi Luís, de apenas um ano, e Maria Vitória, 6,  o baile foi excelente pela tranquilidade.Alinne Rosa preparou repertório com direito a vários hits infantis(Foto: Felipe Souto Maior/Divulgação)“Esse é o primeiro Carnaval de Davi e ele está adorando”, brincou o pai com o garotinho que não desgrudava os olhos do palco. A pequena Maria Vitória, toda desinibida e falante, disse que estava adorando e que a festa só melhora. “Quando eu era menor era bom, mas agora está melhor”, ressaltou cheia de convicção. 

BAIXE O FAROL: O APLICATIVO QUE VAI TE GUIAR NO CARNAVALNatural do município de Entre Rios e hospedada no bairro de Águas Claras, Celiane Cavalcante também foi conferir a festa no bairro vizinho e aprovou o que viu. “Nos anos anteriores, nós íamos para a Barra, mas fica distante para as crianças, os locais para estacionar nos forçam a andar muito e com criança pequena é bem difícil. Aqui ficou tudo perto, acessível e tranquilo”, elogiou. 

Quem esteve no local acompanhando tudo de pertinho foi o repentista Bule-Bule, responsável por dar continuidade ao show no bairro. “No Centro, todas as notas se misturam, aqui no bairro, as massas se encontram”, disse o músico. Para a apresentação da noite – feita ao lado de Gereba – ele prometeu muito samba rural, para mostrar que cultura e alegria podem estar acessíveis a todos.