CONFUSÕES NO CLÁSSICO

Árbitro relata arremesso de objetos e xingamento de Biel no Ba-Vi: ‘Vagabundo’

Goleiro Adriel, do Bahia, foi expulso após o fim da partida

  • Foto do(a) author(a) Da Redação
  • Da Redação

Publicado em 8 de abril de 2024 às 14:07

Emerson Ricardo arbitro
Emerson Ricardo relatou em súmula problemas ocorridos durante o Ba-Vi Crédito: Letícia Martins/EC Bahia

Responsável por apitar a final do Campeonato Baiano, o árbitro Emerson Ricardo relatou em súmula problemas que foram registrados durante o clássico entre Bahia e Vitória, disputado neste domingo (7), na Fonte Nova. O empate por 1x1 deu o título ao rubro-negro.

De acordo com o documento, objetos foram arremessados no campo pela pela torcida do Bahia em direção aos jogadores do Vitória que comemoravam o título. Emerson Ricardo cita ainda que foi informado pelo comandante da Polícia de que os rubro-negros se posicionaram e comemoraram de forma provocativa.

Em outra parte da súmula, Emerson Ricardo relata que foi xingado pelo atacante Biel, do Bahia, quando se dirigia ao vestiário.

“Após o término do jogo quando estava me dirigindo ao vestiário de arbitragem, o atleta do Esporte Clube Bahia, srº Gabriel Teixeira Aragao, se encontrava na zona mista no espaço destinado aos árbitros, reclamando de maneira acintosa e agressiva proferindo as seguintes palavras: "Você é incompetente, vagabundo, estava comemorando o título do Vitória". Vale ressaltar que me senti ofendido pelas palavras direcionadas a mim”, escreveu.

O árbitro também relatou que expulsou o goleiro Adriel, do Bahia, por agredir o assistente Luanderson Lima.

“Expulsei com o cartão vermelho direto o atleta nº23 da equipe Esporte Clube Bahia, srº Adriel Vasconcelos Ramos, após o término da partida, por protestar e agredir o assistente nº.01 Luanderson Lima, informo ainda que o referido atleta deu um tranco no oficial de arbitragem, protestando de forma irônica, aplaudindo e suas palmas atingiram o rosto do assistente”, apontou.

O Bahia entrou em campo precisando vencer por dois gols de diferença para ser campeão, ou por um gol para levar a decisão para os pênaltis. O tricolor saiu atrás após Wagner Leonardo abrir o placar para o Vitória. Everton Ribeiro empatou ainda no primeiro tempo, mas o Esquadrão teve o volante Rezende expulso e não conseguiu reagir.