CONDENSADO POR AGRESSÃO SEXUAL

Dinheiro de Neymar ajudou a reduzir pena de Daniel Alves

Antes do julgamento, a defesa depositou na conta do tribunal o montante de 150 mil euros

  • Foto do(a) author(a) Da Redação
  • Da Redação

Publicado em 23 de fevereiro de 2024 às 11:14

Neymar e Daniel Alves
Neymar e Daniel Alves Crédito: Divulgação/CBF

A sentença imposta a Daniel Alves, de quatro anos e meio de prisão, está longe dos 9 anos solicitados pela promotoria da Espanha e ainda mais distante dos 12 anos pedidos pela vítima. Essa redução teve a participação do dinheiro de Neymar.

A Justiça do país aplicou à pena do jogador uma atenuante de reparação de danos porque, “antes do julgamento, a defesa depositou na conta do tribunal o montante de 150 mil euros (R$ 798 mil, na cotação atual) para que pudesse ser entregue à vítima independentemente do resultado do processo”.

Sem acesso aos seus bens desde que foi preso, Daniel Alves recebeu o montante em doação de Neymar e parentes. Pai do camisa 10 da Seleção Brasileira, Neymar da Silva Santos transferiu o dinheiro para ajudar o jogador baiano, conforme revelou o Uol em janeiro.

A informação foi confirmada pelo próprio Neymar Pai poucos dias depois, em entrevista a Emerson Sheik, ex-jogador e comentarista da CNN. Ele chamou o valor doado a Daniel Alves de “ajuda a um amigo”.

“A família nos pediu ajuda. O Daniel não tinha dinheiro para se defender, e o prazo para o pagamento da defesa estava expirando. Pense bem, em nenhum momento, eu podia negar ajuda a um amigo que está tentando se defender de uma acusação”, disse Neymar Pai, em janeiro.

“Ou a gente participa de um pré-linchamento e julgamento público, ou tentamos ajudar um amigo e deixamos a Justiça decidir o destino do Daniel. Eu não poderia virar as costas… E se a Justiça decidir que o Daniel é inocente? Preferi ter o peso de acreditar em um amigo do que virar as costas para alguém”, falou, à época.

A família de Neymar também cedeu Gustavo Xisto, um dos representantes jurídicos mais antigos das empresas de Neymar pai, para prestar assistência jurídica.