BRASILEIRÃO

Em estreia como mandante, Bahia encara o Fluminense em busca do primeiro triunfo na Série A

Esquadrão encara o Flu nesta terça-feira (16), às 21h30, na Fonte Nova

  • Foto do(a) author(a) Gabriel Rodrigues
  • Gabriel Rodrigues

Publicado em 16 de abril de 2024 às 05:00

Bahia de Biel busca contra o Fluminense a primeira vitória na Série A
Bahia de Biel busca contra o Fluminense a primeira vitória na Série A Crédito: Tiago Caldas /EC Bahia

Depois de estrear com derrota para o Internacional no Brasileirão, o Bahia não terá tempo para lamentar. Nesta terça-feira (16), o Esquadrão recebe o Fluminense, às 21h30, na Fonte Nova, pela 2ª rodada da Série A. A partida marcará a estreia do tricolor como mandante na competição.

Além de buscar a reabilitação no Campeonato Brasileiro, diante da torcida o Bahia tem como missão sufocar uma possível crise que está iminente desde a perda do título estadual. Logo depois de pegar o Fluminense, a equipe volta a encarar o Vitória em clássico no Barradão.

A derrota de virada para o Inter deixou os tricolores na bronca e colocou em dúvida a capacidade do Esquadrão de sustentar o resultado após sair em vantagem.

Outro ponto de questionamento na equipe é a condição física dos atletas. Mais uma vez, o tricolor sofreu gols após os 25 minutos do 2º tempo. Para o técnico Rogério Ceni, tem faltado concentração aos jogadores durante os jogos.

“Não há outra conotação que não seja falta de concentração. Na bola parada, também é o time que mais jogou. É uma preocupação, por isso faço trocas com jogadores altos. Mesmo assim, a gente vem sofrendo”, analisou Ceni.

O treinador fez apenas um treino antes da partida e tem praticamente todo elenco à disposição, mas a tendência é a de que ele faça mudanças. Titular contra o Inter, Oscar Estupiñan pode perder a vaga para Biel. O meia Cauly, que começou no banco, também pode voltar ao time.

Quem não vai perder a posição é Luciano Juba. Com Rezende no meio-campo dando mais poder de marcação ao time, o camisa 46 voltou a jogar improvisado no setor. Na visão dele, o time precisa dobrar a concentração em campo para não ser surpreendido pelo adversário.

“A gente sabe que é importante o nosso jogo em casa, o torcedor está sempre nos apoiando. Temos que nos manter concentrados em casa para sair à frente no placar e manter para terminar o jogo bem e com o triunfo”, afirmou.

Juba destacou ainda que o apoio da torcida será fundamental para o Bahia alcançar o primeiro triunfo na Série A. O lateral garantiu ainda que o time está motivado para dar uma resposta e engatar uma boa sequência na temporada.

“A gente sempre foca no próximo jogo. Acabou o jogo do Internacional nós viramos a chave porque já temos um jogo difícil contra o Fluminense, dentro da nossa casa, e temos que desempenhar o melhor futebol para vencer o jogo e dar alegria para a nossa torcida”, completou.

Assim como o Bahia, o Fluminense busca a primeira vitória na Série A. O time de Fernando Diniz estreou com um empate amargo em 2x2 contra o Red Bull Bragantino, no Maracanã. O Flu saiu na frente, mas levou a virada e só igualou o placar nos minutos finais.

Se dividindo entre o Brasileirão e a Copa Libertadores, a equipe carioca não terá força máxima na Fonte Nova. Fernando Diniz poupará os veteranos Felipe Melo e Marcelo. A dupla ficou fora do último treino. Diogo Barbosa substituirá o lateral esquerdo, enquanto Manoel e Martinelli devem formar a dupla de zaga. Felipe Andrade e Antônio Carlos também brigam pelas vagas.

RETROSPECTO

Em busca de um bom resultado contra o Fluminense, o Bahia pode se apegar ao bom retrospecto recente. O tricolor venceu quatro dos últimos cinco confrontos com o clube carioca na Fonte Nova. No último encontro, pelo Brasileirão do ano passado, Everaldo marcou o gol do triunfo baiano. O resultado foi fundamental na luta contra o rebaixamento.

No geral, as equipes se enfrentaram 71 vezes, com domínio do Fluminense, que venceu 34 vezes. O Bahia saiu com o triunfo em 15 partidas e outras 22 terminaram empatadas.