Famoso por perder gol incrível no Baianão, jogador Sylvestre está preso e se diz inocente

Atacante foi preso acusado de roubar um celular em 2013. A família alega que tudo não passa de um engano

Publicado em 22 de fevereiro de 2016 às 10:40

- Atualizado há 10 meses

O atacante Sylvestre está passando por um momento delicado em sua vida. Ele está preso em Bangu, na zona Oeste do Rio de Janeiro, acusado de roubar um celular. Porém, a família do jogador alega que ele é inocente e que tudo não passa de um engano. Sylvestre foi preso depois que o nome dele apareceu como proprietário de uma Kombi, vendida por ele, e usada no crime, que aconteceu em 2013. Na época, a vítima reconheceu Sylvestre em uma foto 3x4, porém, o novo dono do veículo confirmou o engano e explicou que o sobrinho dele admitiu o roubo em depoimento na delegacia. Os advogados conseguiram relaxar o pedido de prisão, já que na data do crime o jogador estava atuando em uma partida na Bahia. Mas um novo pedido foi expedido pela Justiça em julho do ano passado. No último dia 11 ele foi preso em casa e transferido para o presídio de Bangu.Sylvestre e a família estão vivendo um drama (Foto: Reprodução/TV Globo)Uma audiência está marcada para o dia 29. A vítima reconheceu em cartório que estava nervosa na época e que hoje tem certeza de que Sylvestre não era o assaltante. Aos 31 anos, o atacante defendeu o Olaria no ano passado. Na Bahia, Sylvestre atuou por Camaçari, Bahia de Feira, Juazeirense e Fluminense de Feira. Ele ficou famoso por perder um gol incrível durante o Campeonato Baiano de 2010, em duelo entre o Camaçari e o Bahia. Veja o gol: