Edicase Brasil

10 técnicas de finalização para cabelos cacheados, crespos e ondulados

Confira formas de arrumar os fios após a lavagem para garantir volume e definição

  • Foto do(a) author(a) Portal Edicase
  • Portal Edicase

Publicado em 14 de fevereiro de 2024 às 15:25

Imagem Edicase Brasil
A finalização é importante para ajudar na definição do cabelo (Imagem: Prostock-studio | Shutterstock) Crédito:

Você já deve ter ouvido por aí o termo “finalização”. Afinal de contas, o que é isso? A finalização, no caso de onduladas, cacheadas e crespas, nada mais é do que a nomenclatura utilizada para se referir a qualquer método ou truque para arrumar o cabelo, geralmente, após a lavagem. Assim, dependendo da técnica utilizada e do tipo de cabelo, os fios podem ganhar mais ou menos definição e volume.

A seguir, conheça 10 técnicas de finalização para cabelos cacheados, crespos e ondulados!

1. Fitagem simples

Ideal para quem quer deixar o cabelo definido e garantir um bom day after . Para isso, com ele molhado e desembaraçado, divida em diversas mechas. Em seguida, passe o ativador de cachos ou creme de pentear, enluvando as mechas da raiz às pontas e separando-as como se fossem fitas. Ao chegar nas pontas, amasse-as com as mãos em direção à raiz para formar os cachos. Repita o processo por todo o cabelo e deixe secar naturalmente ou use o difusor.

2. Fitagem estruturada

Oferece cabelo definido por mais dias e com menos volume. Com os fios molhados e desembaraçados, divida o cabelo em diversas mechas. Começando pela nuca, aplique uma pequena quantidade de óleo vegetal capilar nas mechas e massageie-as. Quando terminar, passe na raiz um spray ou creme de pentear com textura mais leve. Na extensão, aplique o creme de pentear do mesmo jeito da fitagem simples: enluvando em direção à raiz. Por fim, deixe secar naturalmente ou use o difusor.

3. Plopping

É uma opção para quem quer definir o cabelo, reduzir o frizz e não utilizar difusor. Com o cabelo molhado e desembaraçado, aplique o creme de pentear ao longo dos fios. Use uma toalha de microfibra ou camisa de algodão para amassar o cabelo das pontas para a raiz e retirar o excesso de água. Em seguida, coloque o pano sobre a cama e jogue os fios por cima dele. Enrole as laterais do pano como se estivesse enrolando uma bala e amarre as pontas atrás. Mantenha o cabelo assim por 20 minutos.

4. Bigodim

Uma alternativa para quem ainda tem partes com alisamento ou quer bastante definição, é inserir o bigodim (um acessório espiralado) no processo de finalização. Com os cabelos úmidos e desembaraçados, divida em pequenas mechas – nas laterais, no topo da cabeça e na nuca. Aplique um pouco de creme de pentear e enrole o bigodim na mecha, começando da ponta em direção à raiz. Faça isso por toda a cabeça. Após secar, retire os bigodins e abra os cachos com os dedos ou com o auxílio de uma escova.

5. Dedoliss

Para quem quer ganhar definição nas partes com ou sem alisamento, o dedoliss consiste em enrolar os fios do cabelo com os dedos. Nos cabelos úmidos e desembaraçados, aplique creme para pentear e separe em mechas. Enrole-as da raiz até as pontas no próprio dedo. Segure por alguns instantes e solte. Faça o procedimento por todo o cabelo.

Imagem Edicase Brasil
Tecnica rake and shake deixa os cachos menos definidos e mais largos (Imagem: Brastock| Shutterstock) Crédito:

6. Rake and shake

Proporciona cachos um pouco menos definidos e mais largos. Após lavar e condicionar o cabelo, com ele ainda molhado e desembaraçado, divida em mechas e aplique o creme de pentear como na fitagem simples, mas ao invés de amassar as fitas, balance-a de um lado para o outro. Repita o processo por todo o comprimento dos fios. Por fim, deixe secar naturalmente ou use o difusor.

7. Twist

Ótima opção para quem ainda tem partes com alisamento ou o cabelo crespo. Com o cabelo úmido e desembaraçado, separe mechas e aplique o creme para pentear ou o leave-in. Em seguida, pegue duas mechas e enrole uma na outra, como se estivesse fazendo uma trança, da raiz até as pontas. Deixe secar por pelo menos oito horas. Se preferir, faça à noite e solte os enroladinhos ao acordar.

8. Finalização no banho

Para quem não tem muito tempo ou paciência, a finalização no banho é uma boa opção. Após lavar, hidratar e condicionar o cabelo, tire o excesso de água e divida ao meio. Aplique o creme de pentear desembaraçando as mechas com os dedos. Faça o mesmo procedimento do outro lado. Termine amassando com uma toalha de microfibra ou camisa de algodão. Deixe secar naturalmente ou use o difusor.

9. Técnica LOC

Indicada para cabelos ressecados e sem brilho, a técnica LOC consiste em usar líquido, óleo e creme na finalização. Divida o cabelo seco e limpo em várias mechas. Umedeça com água e aplique o óleo por toda a extensão, mecha por mecha. Por último, aplique o creme de pentear fazendo fitagem simples.

10. Day after

Uma boa finalização é sempre a principal responsável por um bom day after . Quanto mais definidos estiverem os fios, mais fácil será a revitalização. O cabelo tem o chamado efeito memória, assim, é possível “reativar” o efeito do dia anterior. Outra coisa que ajudará a manter a definição por mais tempo é utilizar fronha de cetim no travesseiro e evitar dormir por cima do cabelo.