FERIADO

Nas estradas ou pelo mar: saída de Salvador para feriado de Corpus Christi tem fluxo tranquilo

Movimento mais intenso foi para os veículos na fila do ferry-boat

  • Foto do(a) author(a) Raquel Brito
  • Raquel Brito

Publicado em 30 de maio de 2024 às 15:37

BR não teve registros de congestionamento nesta quinta, segundo a PRF
BR não teve registros de congestionamento nesta quinta, segundo a PRF Crédito: Marina Silva/CORREIO

Quem resolveu passar o feriado de Corpus Christi na ilha ou no sossego do interior, não teve problemas na saída de Salvador nesta quinta-feira (30). Os soteropolitanos que escolheram a estrada encontraram o Terminal Rodoviário da capital baiana sem movimento pela manhã, e a BR sem congestionamento.

Com um jogo de palavras cruzadas em mãos para passar o tempo, a funcionária pública Renata Amaral, de 49 anos, aguardava o momento do embarque para São Francisco do Conde com sua filha Eva Maria, 10. Se deparar com a rodoviária vazia foi uma surpresa boa para ela: em outros feriados, não achou mais passagens ou precisou ir em pé até seu destino.

“A gente veio com mais de uma hora de antecedência, com medo de não ter mais lugar no ônibus. Geralmente, a fila está enorme”, contou.

Renata Amaral e sua filha Eva Maria chegaram cedo na rodoviária
Renata Amaral e sua filha Eva Maria chegaram cedo na rodoviária Crédito: Marina Silva/CORREIO

Os passageiros que optaram pelo ferry-boat encontraram um guichê quase sem fila pela manhã. O movimento mais intenso foi para quem estava com o próprio veículo, que enfrentou cerca de uma hora e meia a duas horas de espera para embarcar. 

Foi o caso do casal Sônia Maria, 56, e Carlos Alberto Teixeira, 61. Após acompanhar o tamanho da fila para carros pela internet, eles decidiram de última hora pegar o caminho do ferry e passar o fim de semana na praia de Barra do Pote.

“O sol começou a abrir, a gente colocou as coisas no carro e veio. Com filhos criados, agora a gente pode fazer essas viagens, já que não tem mais crianças. Vamos ficar em uma pousada. Chegar lá, colocar as coisas no quarto e descer para a praia, tudo de bom”, brincou. Por volta das 12h, a fila já estava totalmente vazia.

Ana Luiza Rocha, de 19 anos, também foi de ferry-boat curtir o feriado na ilha. Acompanhada da sogra Maria Antônia de Souza, de 47 anos, que tem o costume de fazer esse trajeto, ela se surpreendeu com a tranquilidade do terminal São Joaquim em pleno feriado.

“Nós não pegamos fila nenhuma. Nós temos costume de passar feriados lá, mas geralmente tem fila, então viemos nessa expectativa. Mas chegamos, compramos logo e foi uma maravilha”, disse.

A estimativa é que haja um aumento de 3% no fluxo dos terminais São Joaquim e Bom Despacho para este período em comparação ao mesmo feriado do ano passado, de acordo com a Internacional Travessias (ITS), que administra o transporte.

Para atender à demanda maior esperada para o feriado, a ITS montou uma operação especial para o feriado de Corpus Christi, em vigor desde ontem, dia 29. Até o dia 3, próxima segunda-feira, as travessias contarão com cinco barcos. Anna Nery, Ivete Sangalo, Maria Bethânia, Pinheiro e Zumbi dos Palmares vão trabalhar nesse período.

O funcionamento acontecerá nos horários regulares, com saídas de hora em hora, das 5h às 23h30, de segunda a sábado, e das 06h às 23h30, domingos e feriados. Durante a operação para este feriado, viagens extras vão ocorrer ao longo do dia ou mesmo após o último horário da grade, de acordo com a demanda.

A Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da Bahia (Agerba), empresa que administra a rodoviária, foi procurada para responder sobre a quantidade de soteropolitanos que devem deixar Salvador neste feriado, mas não houve resposta até a publicação da matéria.

*Com orientação da subeditora Monique Lôbo.