BRUMADO

Porteiro de hospital é denunciado pelo MP por facilitar fuga de criminosos após crime

Homem foi morto com 23 tiros no Hospital Municipal de Brumado; um dos suspeitos também foi denunciado

  • Foto do(a) author(a) Da Redação
  • Da Redação

Publicado em 23 de maio de 2024 às 10:45

Dois suspeitos invadiram hospital; porteiro teria ajudado
Dois suspeitos invadiram hospital; porteiro teria ajudado Crédito: Reprodução/TV Sudoeste

O Ministério Público da Bahia (MP-BA) denunciou na terça-feira (21) dois homens pelo homicídio de um paciente internado no Hospital Municipal Magalhães Neto, em Brumado, em abril deste ano. 

O crime aconteceu em 28 de abril, por volta das 11h30, nas dependências do hospital. No dia, Wanderson Oliveira e um homem ainda não identificado, efetuaram, ao menos, 22 disparos de arma de fogo contra a vítima Filipe Batista Lobo, que não resistiu aos ferimentos. Eles contaram com o auxílio de Caio Felipe Queiroz, porteiro do hospital, que teria deixado propositalmente a porta aberta para facilitar a fuga dos comparsas. As informações constam na denúncia da promotora de Justiça Daniela de Almeida.

Wanderson Oliveira e Caio Felipe foram denunciados por homicídio qualificado por motivo torpe e dissimulação, recurso que dificultou a defesa da vítima. 

Conforme a denúncia, após entrarem no hospital, o denunciado Wanderson e seu comparsa se comunicaram com Caio Felipe, para saber a exata localização da vítima. Após ameaçar uma enfermeira apontando-lhe uma arma de fogo, o homem ainda não identificado passou uma outra arma de fogo para Wanderson, conhecido como “Papito”, e dirigiram-se à sala de raio-X, local onde estava a vítima.

De acordo com a promotora de Justiça, o crime foi praticado por motivo torpe, relacionado à guerra de facções e à disputa por pontos de tráfico de drogas. Segundo a denúncia, a vítima respondia a processo por associação criminosa armada e porte de arma de fogo, suspeita de integrar uma facção criminosa, além de ser investigada por participação em dois homicídios ocorridos na região.