PROFESSORA DO SEXO

Professora investigada por abuso sexual de menor engravida de adolescente

Mulher tem 30 anos e aliciou vítima com cinto de grife

  • Foto do(a) author(a) Da Redação
  • Da Redação

Publicado em 8 de maio de 2024 às 12:52

Professora engravida de adolescente de 16 anos
Professora engravida de adolescente de 16 anos Crédito: Redes sociais

Uma mulher de 30 anos está sendo acusada, pela Justiça de Manchester, na Inglaterra, de ter engravidado de um adolescente de 16 anos, além de aliciar outro de menor.

Segundo o jornal Extra, a professora, identificada como Rebecca Joynes, sentou no banco dos réus nesta semana e, durante o julgamento, o promotor do caso informou que ela comprou um cinto da marca Gucci, avaliado em R$ 2.185, para levá-lo ao antigo apartamento.

No imóvel, eles "teriam feito sexo" duas vezes. A situação foi revelada apenas quando o adolescente contou a dois amigos e a notícia espalhou. Uma investigação policial foi iniciada e a professora suspensa da escola onde trabalhava.

Em contrapartida, além do adolescente aliciado, Rebecca também mantinha outro relacionamento com um menino de 15 anos. No entanto, com esse menor, a professora engravidou durante o começo das relações sexuais após ele completar 16 anos.

"Oportunamente, (o menino B) deu seu próprio relato. Ele disse que a Sra. Joynes era sua professora, que eles mantiveram contato enquanto ela estava suspensa e que ele foi ao apartamento dela, quando tinha 15 anos. Depois que ele completou 16 anos, ele iniciou um relacionamento sexual completo com ela, que acabou grávida, para grande choque dele, porque ela lhe disse que não poderia engravidar porque tinha síndrome dos ovários policísticos", disse o promotor.

O julgamento vai continuar nos próximos dias.