Unicef diz ataques mataram 275 crianças e 85 mulheres em Gaza

O tempo de trégua não é suficiente para fornecer toda a ajuda necessária

Publicado em 13 de janeiro de 2009 às 14:14

- Atualizado há 9 meses

Pelo menos 275 crianças morreram e mais de 1362 ficaram feridas no conflino na Faixa de Gaza até esta segunda-feira, diz o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef). Pelo menos 85 mulheres haviam morrido.

As Nações Unidas informaram que o número de crianças e mulheres vítimas do conflito em Gaza está aumentando. A representante do Unicef nos Territórios Palestinos, Patricia McPhillips, disse que não há nenhum lugar seguro para as crianças e suas famílias na região.

O Unicef e outras agências da ONU têm tentado entregar água potável, medicamentos e comida durante a suspensão diária dos bombardeios, por três horas, declarada por Israel. Mas segundo a Agência da ONU de Assistência aos Refugiados Palestinos, o tempo não é suficiente para fornecer toda a ajuda necessária.

Os serviços de saúde da Autoridade Nacional Palestina informaram que pelo menos 912 pessoas morreram e mais de 3,7 mil estão feridas. Deste total, mais de 35% são crianças.

(Com informações da Rádio ONU)

Veja também:<