A Cabana é adaptação do livro que vendeu mais de 18 milhões de cópias no mundo

Guia
06.04.2017, 00:04:00

A Cabana é adaptação do livro que vendeu mais de 18 milhões de cópias no mundo

Em algum momento da trama de A Cabana, filme de Stuart Hazeldine a partir do best-seller de autoajuda espiritualista escrito por William P. Young, o personagem de Sam Worthington ouve da terapeuta Sabedoria, interpretada por Alice Braga: “Você quer uma vida sem sofrimento algum? Isso não existe”. Não era o que aquele desvastado Mack precisava ouvir no momento em que perdeu a filha menor num crime brutal.

Incapaz de gerir a dor que lhe consome, de deixar o passado para trás e continuar a seguir, ele parte para a viagem que vai mudar definitivamente sua vida. A ideia original, recomendada pela terapeuta, era um reencontro com a dor na montanha onde a garota foi assassinada. 

Mas Deus escreve certo por linhas tortas. Literalmente. Anos depois, por obra do Altíssimo, Mack recebe uma carta anônima que o convida a retornar até esse local, onde encontra três desconhecidos, um homem e duas mulheres. Misteriosamente, conduzem o rapaz para uma adorável casinha localizada numa parte desconhecida para ele daquela montanha. 

Sam Wrthington e Octavia Spencer em A Cabana (Foto: Divulgação)

O detalhe: seus anfitriões são ninguém menos que Deus, Jesus Cristo (um jovem haribô) e o Espírito Santo (uma moça asiática). E com eles, Mack fará a tal viagem astral para dentro de si próprio, mudando, assim, sua visão de mundo. Não necessariamente se conformando com a ausência da filha, mas resignando-se com o propósito de sua partida precoce.

A atriz americana Octavia Spencer interpreta Deus, batizado no filme como Papa. Oscarizada pela comédia dramática Histórias Cruzadas (2011), ela diz que se deixou levar pela essência do projeto. “Esse filme terá uma natureza catártica para algumas pessoas como teve para mim. Em embarquei numa viagem com este projeto e, não tenho medo de dizer, que fiquei muito feliz  de ter ido neste estágio da minha vida”, diz ela.

Apesar de ser chamado de papai, seu Deus é muito parecido com uma mãe para o personagem de Sam Worthington, respondendo a todos seus questionamentos. “Ela é puro amor e sabedoria. Tem algo nessa história que eu acho que o mundo precisa perceber,  quase um bálsamo que entrou de uma forma muito calma em minha própria vida. Eu tento não dizer para as pessoas o que elas devem pensar ou acreditar, mas temos que passar toda a informação necessária para as pessoas pensarem por si próprias. Mas, acho que todo mundo enfrenta desafios em algum momento e sinto que o filme oferece alternativas para você lidar com eles”, opina Octavia Spencer.   

Horários:

 UCI Orient Shopping da Bahia 6 (dub)  14h | 16h40 | 19h20 | 22h  UCI Orient Shopping da Bahia 8 (dub)  13h10 | 15h50 | 18h30 | 21h10 (leg)  UCI Orient Shopping Barra 2 (dub)  13h40 | 16h20 | 19h10 (leg) | 21h50 (leg)  UCI Orient Shopping Barra 8 Delux  13h | 15h40 | 18h20 | 21h  UCI Orient Shopping Paralela 5 (dub)  13h10 | 15h55 | 18h40 | 21h20 (leg)  Cinemark Salvador Shopping 6 (dub)  13h45 | 17h | 20h15  Cinemark Salvador Shopping 10  13h | 18h45 | 21h45  Cinesercla Cajazeiras 3 (dub)  18h20 | 20h45  Cinépolis Bela Vista 4 (dub)  21h50  Cinépolis Bela Vista 7  22h50  Cinépolis Bela Vista 9 (dub)  13h30 | 16h20 (leg) | 19h10 | 22h10 (leg)  Cinépolis Salvador Norte 2 (dub)  15h | 18h05 | 21h  Cinépolis Salvador Norte 3 (dub)  20h50  Esp. Itaú Glauber Rocha 3  15h30 | 18h | 20h30

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas