Aluno flagrado transando durante aula pode ser expulso da UFSC

em alta
19.04.2021, 08:23:30
Atualizado: 19.04.2021, 08:28:18

Aluno flagrado transando durante aula pode ser expulso da UFSC

Jovem esqueceu câmera ligada; veja vídeo

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Um estudante pode ser expulso da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) após exibir cenas de sexo durante uma aula online nesta sexta-feira (16). O jovem estava com a câmera ligada durante a chamada de vídeo e o momento íntimo pôde ser visto pela professora e outros alunos.

A UFSC confirmou neste domingo (18) que irá abrir um processo disciplinar contra o discente, que será julgado com base na Resolução Normativa número 17 do Conselho Universitário e pode ser advertido ou até expulso da instituição.

O vídeo com o momento do flagra circula nas redes sociais. Em um dado momento, a professora fala sobre o desconforto causado pelas imagens.

"Não sei o que eu faço numa situação dessas. A única câmera ligada eu acho que é a câmera que não deveria estar ligada. É constrangedor, evidentemente. A gente está gravando, inclusive", afirmou a professora. Em seguida, todos desconectaram, e a professora e os demais alunos recomeçaram em outra sala virtual.

O caso ocorreu durante uma aula do curso de administração. Em nota, a universidade chamou o episódio de "lamentável" e disse que o estudante já foi identificado.

A nota, assinada pela Coordenação do Curso de Graduação em Administração, Direção do Centro de Filosofia e Ciências Humanas e Pró-Reitoria de Graduação (Prograd), informa que esses órgãos "prestam total solidariedade à docente responsável pela disciplina, ao mesmo tempo em que irão requerer a abertura de procedimento para apurar não apenas a conduta do estudante, mas dos responsáveis pela divulgação do vídeo em que está configurada a infração disciplinar".

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas