Após Bragantino no Brasil, Red Bull quer comprar time de Portugal

esportes
28.01.2020, 16:48:00
Atualizado: 28.01.2020, 16:48:22
Jogadores do Desportivo das Aves: time estaria em negociação com a Red Bull (Foto: Reprodução/Instagram @cdaves_oficial)

Após Bragantino no Brasil, Red Bull quer comprar time de Portugal

Segundo TV lusitana, o Clube Desportivo das Aves está na mira da empresa

O Correio oferece acesso livre a todas as notícias relacionadas ao coronavírus. Entendemos que informação séria e confiável é importante nesse momento. Colabore para que isso continue. Assine o Correio.


A Red Bull pode investir em mais um time de futebol. No comando de, pelo menos, seis equipes ao redor do mundo, a fabricante de energéticos tem na mira o Clube Desportivo das Aves, que disputa a Primeira Divisão de Portugal. A informação é da Santo Tirso TV, canal de televisão lusitano.

A empresa, atualmente, é sócia do RB Leipzig (da Alemanha), New York Red Bulls (dos EUA), Red Bull Salzburg, FC Liefering (ambos da Áustria), Red Bull Brasil e Red Bull Bragantino - este último, que mudou escudo e nome em 2020.

Segundo a Santo Tirso TV, a fabricante de bebidas tem "um projeto ambicioso para o clube, como, aliás tem em todas as suas equipes esportivas". Mas há um desentendimento entre a Red Bull e os atuais proprietários do time de cerca de 1 milhão de euros.

Outro entrave nas negociações seria o escudo. Não agrada aos dirigentes do Desportivo das Aves "a requerida mudança do símbolo do clube, para o habitual logotipo com os dois touros característicos da marca", afirma a emissora de TV.

A equipe portuguesa está, atualmente, na lanterna do campeonato do país. Na temporada 2017/2018, o time foi campeão da Taça de Portugal. Além do Desportivo das Aves, outro clube em que a Red Bull estaria de olho, segundo a imprensa europeia, é o Brondby IF, da Dinamarca.

***

O CORREIO entende a preocupação diante da pandemia do novo coronavírus e que a necessidade de informação profissional nesse momento é vital para ajudar a população. Por isso, desde o dia 16 de março, decidimos abrir o conteúdo das reportagens relacionadas à pandemia também para não assinantes. O CORREIO está fazendo um serviço de excelência para te manter a par de todos os últimos acontecimentos com notícias bem apuradas da Bahia, Brasil e Mundo. Colabore para que isso continue sendo feito da melhor forma possível. Assine o jornal.


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/salvador-unida-das-janelas-moradores-cantam-parabens-para-salvador/
O CORREIO convidou e soteropolitanos confinados aderiram ao aniversário coletivo de 471 anos da capital
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/gusttavo-lima-quebra-recorde-do-youtube-com-live-direto-de-sua-casa/
Foram 5h de show, 750 mil acessos simultâneos e 10 milhões de visualizações
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/coronavirus-sindico-instala-pia-na-entrada-de-predio-para-ajudar-vizinhos-idosos/
Espanhol radicado na Bahia decidiu ajudar na higiene no prédio que é síndico em Salvador
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/a-fe-nao-costuma-faia-como-manter-a-religiao-em-isolamento/
O amparo na religiosidade é a salvação para muitos soteropolitanos; tecnologia é aliada
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/janelas-da-quarentena-do-dj-ao-saxofone-vizinhos-transformam-isolamento-em-uniao/
Baiano é outro nível... Nos últimos dias, movimento tomou conta de Salvador: tem até Carnaval dentro de casa; confira
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/pearl-jam-lanca-gigaton-decimo-primeiro-album-da-banda/
Turnê, que começaria em abril, foi adiada por conta da pandemia do coronavírus
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/cremeb-suspende-medico-que-prometeu-soro-da-imunidade-para-covid-19/
Aldo Grisi fez propaganda de suposta medicação para prevenir o novo coronavírus
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/pela-1a-vez-papa-faz-rito-sozinho-e-da-indulgencia-plenaria/
Gesto inédito, por causa da pandemia do novo coronavírus, permite que mais de 1,3 bilhão de católicos tenham o perdão de seus pecados
Ler Mais