Após fraturas, João Paulo passa por operação bem-sucedida

esportes
19.03.2018, 09:29:49
Atualizado: 19.03.2018, 09:40:16
João Paulo sofre falta de Rildo e fratura a tíbia e a fíbula da perna direita (Foto: Reprodução )

Após fraturas, João Paulo passa por operação bem-sucedida

Volante do Botafogo sofreu falta grave cometida pelo vascaíno Rildo com apenas dois minutos de bola rolando, no clássico de domingo (18), pelo Campeonato Carioca

Poucas horas após sofrer grave lesão no clássico entre o Botafogo e o Vasco, o volante João Paulo foi submetido a uma operação para corrigir uma fratura na tíbia e na fíbula da perna direita. O jogador se machucou logo no início da partida, válida pela rodada final da Taça Rio, o segundo turno do Campeonato Carioca. 

De acordo com o Botafogo, a cirurgia foi bem-sucedida. João Paulo foi operado ainda na noite de domingo (18) em razão da gravidade da contusão, pelos médicos Christiano Cinelli, Salvio Magalhães e Ricardo Bastos, todos do Botafogo. O clube não revelou maiores detalhes sobre o procedimento cirúrgico. 

O volante deve ter alta na terça-feira (20), segundo previsão do Botafogo. Ainda não há informações sobre o processo de recuperação e o período de tempo em que o atleta ficará afastado dos gramados. 

Após a cirurgia, João Paulo recebeu a visita do gerente de futebol Anderson Barros e do coordenador da fisioterapia Flávio Meirelles. "O Botafogo deseja uma boa recuperação a João Paulo", registrou o clube, em nota.

João Paulo esteve no clássico de domingo (18) durante apenas dois minutos. Logo em sua primeira jogada em campo, ele sofreu falta grave de Rildo. O atacante do Vasco deixou a sola ao dividir uma bola no meio-campo e o botafoguense chutou as travas da chuteira do adversário com muita força e caiu no gramado já com muita dor. Na sequência, o Botafogo confirmou as fraturas.



***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas