Bahia perde do Palmeiras e amplia jejum no Brasileirão

e.c. bahia
19.05.2018, 22:53:00
Atualizado: 19.05.2018, 23:08:37
Willian marcou o primeiro do gol do Palmeiras logo aos 2 minutos de jogo (Luís Moura/WPP/Estadão Conteúdo)

Bahia perde do Palmeiras e amplia jejum no Brasileirão

Tricolor leva três gols no primeiro tempo e acaba goleado em São Paulo

Não foi dessa vez que o Bahia encerrou o jejum de triunfos no Brasileirão. Na noite deste sábado (19), o tricolor foi derrotado pelo Palmeiras por 3x0, no Allianz Parque, em São Paulo, e segue na zona de rebaixamento, com apenas quatro pontos em seis jogos. É o 17º colocado e com a certeza que cairá para 18º por causa do duelo entre Vitória e Ceará, no domingo (20). Já são quatro jogos sem vencer.

Os problemas para o Bahia começaram ainda no aquecimento, quando Edigar Junio sentiu um incômodo na coxa e foi vetado. Júnior Brumado entrou em seu lugar. Com a bola rolando, o Palmeiras precisou de apenas dois minutos para chegar ao gol.  Na enfiada de bola de Keno, Borja levou até a linha de fundo e cruzou rasteiro para Willian completar para as redes.

Depois do gol, o Bahia se lançou ao ataque e quase chegou ao empate quando Léo mandou rasteiro na área e Lucas Fonseca acertou a trave de Jailson. Logo depois foi a vez de Zé Rafael fazer fila na defesa palmeirense, mas chutou fraco e facilitou a defesa do goleiro palmeirense.

Quando o duelo se mostrava equilibrado, o Bahia sofreu um apagão. Em nova jogada de linha de fundo, Marcos Rocha entrou na área tricolor como quis e rolou para o zagueiro Antônio Carlos ampliar o placar, aos 32 minutos.

Antes do fim do primeiro tempo o Palmeiras chegou ao terceiro. Lucas Lima acertou belo passe para Borja, que saiu de cara com Douglas e só teve o trabalho de chutar de primeira e sair para o abraço.

Mais do mesmo 

Apesar do placar adverso, o Bahia voltou para o segundo tempo sem alterações. O panorama da partida segiu o mesmo, com o Palmeiras criando as melhores chances. Aos 11 minutos, o tricolor sofreu a segunda baixa por lesão. O goleiro Douglas se machucou ao cobrar o tiro de meta e saiu para a entrada de Anderson.

Com o placar confortável, o Palmeiras tirou o pé do freio e deu campo para o Bahia trabalhar. O tricolor, no entanto, tinha dificuldade para conectar as jogadas e pouco incomodava o goleiro Jailson. Guto sacou Brumado e colocou Régis em campo, mas quem levou perigo foi Zé Rafael. Em cobrança de falta, o camisa 10 obrigou Jailson a fazer boa defesa.

Quando o Palmeiras resolvou entrar de novo no jogo, quase marcou o quarto gol. Keno escapou livre pelo lado direito e cruzou rasteiro para Willian. Sem goleiro, o atacante acertou o travessão. 

Agora, o tricolor volta as atenções para a Copa Sul-Americana, quando recebe o Blooming, quarta-feira (23), na Fonte Nova, no jogo de volta da primeira fase. Como perdeu de 1x0 na Bolívia, o Bahia precisa vencer por dois gols de diferença para classificar.