Balada no mar: tudo sobre alugar um barco e fazer a festa no Verão

bazar
01.02.2019, 10:00:00
Atualizado: 01.02.2019, 11:03:07
A blogueira Carol Gonçalves juntou as amigas e fez uma confraternização de fim de ano no veleiro (Fotos: Divulgação)

Balada no mar: tudo sobre alugar um barco e fazer a festa no Verão

Tem embarcação que abriga até oito pessoas com diárias a partir de R$ 600

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Já pensou viver uma baita festa em plena Baía de Todos os Santos? Foi com esse sonho que a maquiadora Vanessa Mazzafera, 29, realizou sua despedida de solteira. “Foi, sem dúvida, um dos melhores momentos das comemorações. Eu, como boa baiana, adoro o mar. E poder juntar as minhas melhores amigas para curtir esse clima de Verão que Salvador tem foi inesquecível”, garante.

Atentas aos detalhes, as madrinhas cuidaram de tudo, deixando para Vanessa só o dia de diversão. “Embarcamos na marina e de lá fomos para Ilha de Maré, almoçamos no restaurante Preta (na época o restaurante ainda era lá) e, na volta, paramos no Porto da Barra para assistir a um show que estava acontecendo”, explica.

Cadastre seu e-mail e receba novidades de gastronomia, turismo, moda, beleza, decoração, pets, tecnologia, bem-estar, sexo e o melhor de Salvador e da Bahia, toda semana:

Para quem deseja organizar o próprio passeio, ou com um grupo de amigos, alguns cuidados devem ser cumpridos. “O primeiro é a escolha da empresa dona da embarcação. É importante pesquisar, ir até o terminal náutico e a partir desse ponto optar pelo roteiro, data, horário de partida e de chegada. É importante saber a capacidade de pessoas a bordo, o número de tripulantes e se a embarcação está com a documentação em dia na Capitania dos Portos. É importante para evitar qualquer contratempo”, explica Fabiano Cesário, 40, consultor de turismo.

A blogueira Cariol Gonçalves: “A sensação é de riqueza! (risos)"

ROTEIROS
Com uma extensão de 1.233 km², a Baía de Todos-os-Santos reúne 56 ilhas, das quais Itaparica, Madre de Deus, Ilha dos Frades, Ilha de Maré e Bom Jesus são as mais famosas. “Existe um número grande de roteiros que podem ser explorados”, diz Fabiano, que listou, no box Roteiros desta matéria, três ideias de passeios.

Apaixonada pelo mar, quem viveu uma experiência recente a bordo do veleiro Acalma a Alma foi a blogueira Carol Gonçalves. “Eu e um grupo de amigas fizemos nossa confraternização de fim de ano abordo de um veleiro. Saímos da Ribeira e fomos em direção ao Mahi Mahí, foi bem diferente de tudo que já tínhamos feito e divertido do início ao fim”, conta Carol. A diária da embarcação, que abriga até oito pessoas, custou R$ 600. “A sensação é de riqueza! (risos) É como se estivéssemos desbravando a nossa própria cidade sem hora pra voltar”, conta.

LOCAÇÃO
Para quem deseja viver uma experiência no mar, a bordo de uma embarcação, existem opções para vários gostos e bolsos. “Temos embarcações de 24 a 50 pés, sendo desde lanchas esportivas básicas, à de luxo com três suítes, cozinha completa, sala com TV 55 polegadas, videogame, wi-fi, ar-condicionado nos ambientes e muito mais”, explica Ricardo Ribeiro, 40, empresário da RR Náutica.

A maquiadora Vanessa Mazzafera, 29, teve sua despedida de solteira num barco

Ele conta que as principais demandas são para festas como casamentos, aniversários, formaturas, confraternizações de empresas, despedidas de solteiras e camarote flutuante no Carnaval. Na empresa dele, as diárias variam entre R$ 1.500 e R$10 mil. Confira detalhes e informações de outras empresas no box Os Barcos.

Para quem busca aventura e valores mais acessíveis, uma das opções é o veleiro Acalma a Alma. “Nosso principal objetivo é compartilhar conhecimento náutico. Inclui introdução aos princípios de deslocamento através da força do vento. O aventureiro tem oportunidade de comandar a embarcação e sentir o prazer de ir onde o vento levar”, explica Flávio Rocha, empresário à frente do veleiro Acalma a Alma.Com diárias a partir de R$ 600, o passeio de veleiro também tem sido usado em festas, encontros e despedidas de solteiro. Mas tem roteiros alternativos. “Para os amantes de samba e partido-alto, temos um destino muito divertido: o samba da Feira de São Joaquim visto do mar”, revela ele.

Um dos barcos da RR Náutica

OS BARCOS

Apolonio Turismo 
Escuna com entre 75 e 80 lugares: R$ 2.500/dia durante a semana e R$ 3.200 no fim de semana. Uma escuna com 170 lugares sai a R$ 6.500 durante a semana e R$ 7.500 no final de semana. Há opções intermediárias. Pagamento: 50% na reserva e o resto no dia do passeio. apolonioturismo.com.br. Tel.: 71 99131-8940. Email: apolonioturismo@yahoo.com.br.

Siga o Bazar nas redes sociais e saiba das novidades de gastronomia, turismo, moda, beleza, decoração, tecnologia, pets, bem-estar e as melhores coisas de Salvador e da Bahia:

Central Escunas 
Escuna para 20 pessoas: R$ 1.800/dia. Para 50 pessoas, R$ 2.600/dia. Para 90 pessoas, R$ 3.800/dia. Para 100 pessoas, R$ 4.100/dia. Todos os preços são para fins de semana. Em dias de semana, dá para chorar um descontinho. Há opções para números de pessoas intermediários. Pagamento: 50% na reserva e 50% no embarque. Em dias de semana há um desconto que pode ser negociado diretamente com a empresa. Todas têm som, caixa térmica para bebidas, banheiro e coletes salva-vidas. Site: centraldeescunas.com.br.

RR Náutica
Aluga lanchas próprias a partir de R$ 1.500, com capacidade para até sete pessoas, com compartimento para bebidas e sistema de som. Uma para 18 pessoas sai a R$ 10 mil. Tel.: 71 3377-6596. Site: rrnaurica.com.br

O Sou Verão é uma realização do jornal Correio, com apoio institucional da Prefeitura Municipal de Salvador, patrocínio de O Boticário e apoio da Água Mineral Frésca.

*Colaborou para o CORREIO

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas