Banco do Nordeste abre unidade do Crediamigo na Lapa

economia
21.07.2017, 10:27:00
Atualizado: 21.07.2017, 15:46:48

Banco do Nordeste abre unidade do Crediamigo na Lapa

Linha oferta crédito de até R$ 15 mil para pequenos negócios. Objetivo da instituição financeira é chegar a 9 mil clientes ativos até o final do ano

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Os microempreendedores de Salvador têm agora mais um canal de financiamento. Foi inaugurada nesta quinta-feira (20), com a presença do prefeito de Salvador ACM Neto e do presidente do Banco do Nordeste Marcos Holanda uma nova unidade do Crediamigo, do Banco do Nordeste.

A loja está localizada na Estação da Lapa e pode ofertar até R$ 15 mil em crédito por meio da formação de grupo solidário ou individualmente aos empreendedores de pequenos negócios, no setor formal e informal da economia, que desenvolvam atividades de comércio, serviço e produção.

Com a iniciativa, a expectativa é a de que o Crediamigo - uma das linhas de crédito do Banco do Nordeste - incremente sua carteira de clientes e amplie a área de atuação na cidade, totalizando 9,1 mil clientes ativos até o final do ano.

Segundo a instituição financeira, a a estratégia de expansão na capital inclui também abertura de novos pontos de atendimento em Paripe, Plataforma, Cajazeiras e São Cristovão. E para viabilizar essa estratégia, o Banco do Nordeste formalizará uma parceria com a Prefeitura, que possibilitará a capacitação de 20 colaboradores a serem contratados pelo Município para atuarem como agentes promotores do microcrédito na cidade, contribuindo para o fortalecimento do empreendedorismo e a geração de renda entre a população local. 

Em junho, o Crediamigo, que tem foco no microcrédito produtivo e orientado, já contava com uma carteira ativa de 6,1 mil clientes, com uma contratação média de R$ 3 mil. O valor desembolsado na capital baiana nesse período superou o montante de R$ 16,2 milhões. 

Ainda conforme a empresa, os números evidenciam a história de empreendedorismo e inclusão social que o Crediamigo tem contribuído para construir. Desde 1998, quando foi criado, o programa de microcrédito urbano produtivo e orientado já desembolsou cerca de R$ 46,8 bilhões, beneficiando 4,8 bilhões de famílias, em toda a área de atuação do Banco do Nordeste (regiões Nordeste e norte dos estados de Minas Gerais e Espírito Santo).

"Esse é um público formado majoritariamente por mulheres, mas também por todas as pessoas que contribuem com a dinamização da economia local acreditando e investindo em seus pequenos negócios e comércios. Essa é a história que queremos fortalecer com a parceria firmada agora com a Prefeitura de Salvador", afirmou o superintendente do Banco do Nordeste na Bahia, Antônio Jorge Pontes Guimarães Júnior.

A parceria entre o banco e a prefeitura prevê ainda a disponibilização de espaços gerenciados pela administração municipal para realização de reuniões, atendimento à empreendedores e divulgação de produtos do Crediamigo.

O programa
Programa de microcrédito urbano produtivo e orientado do Banco do Nordeste, o Crediamigo atua na concessão de crédito aos empreendedores de pequenos negócios, no setor formal e informal da economia, que desenvolvam atividades de comércio, serviço e produção. O empreendedor tem acesso a créditos de até R$ 15 mil por meio da formação de grupo solidário ou individualmente.

Em 2016, o programa aplicou R$ 7,9 bilhões em toda a área de atuação do Banco e a perspectiva é que este ano sejam contratados cerca de R$ 8,2 bilhões. A carteira atual é composta por mais de 2 milhões de clientes.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas