Banda Ara Ketu agita o subúrbio ferroviário com show na praia

variedades
29.01.2017, 21:53:00
Atualizado: 29.01.2017, 22:27:48

Banda Ara Ketu agita o subúrbio ferroviário com show na praia

Grupo fez apresentação na beira da praia, em frente à sede de seu instituto, em Periperi

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.


Para a galera: banda animou pôr do sol no Subúrbio (Foto: Mauro Akin Nassor/CORREIO)

Tem soteropolitano que nunca viu o pôr do sol na orla do Subúrbio Ferroviário, embora seja um dos cartões postais da cidade. Ontem, havia um incentivo a mais. O ressoar das batidas percussivas do Ara Ketu contribuíram para deixar a cena ainda mais mágica. A banda do bloco afro fez um show na beira da praia, em frente à sede de seu instituto, em Periperi. Quem perdeu, não precisa se preocupar. O Ara Ketu deve repetir a dose ao longo do ano.

O projeto se chama IWOOORUM, que significa pôr do sol em iorubá. O Ara Ketu pretende tocar em todos os domingos que estiver em Salvador. Pelo menos em fevereiro, os três domingos antes do Carnaval já estão marcados para acontecer. “Depois a frequência pode diminuir, mas queremos fazer pelo menos uma vez por mês”, afirma o coordenador de marketing do bloco, Alexandre San Galo.

O objetivo do IWOOORUM é dar maior importância ao local de origem do bloco, fundado em Periperi em 1980, e restabelecer uma maior ligação com a comunidade do subúrbio. “A estratégia que bolamos foi reconectar com a origem, voltar para as raízes. Por isso escolhemos fazer em Periperi. Estamos voltando para casa, para nos reconectarmos com a comunidade que lançou a Ara Ketu”, afirma San Galo. “A ideia é aproximar a percussão da população local, que é carente desse tipo de iniciativa”, reforça a presidente da entidade, Vera Lacerda. 

Prato da casa
Na mesma linha, o Ara Ketu está buscando parcerias com comerciantes, rádios comunitárias e gráficas locais para incrementar o evento e ajudar a vizinhança. “Temos a política de trabalhar sempre com representantes da comunidade”, garante San Galo.  Os artistas convidados também são de Periperi e região.

 Antes do show, marcado para 16h, a Batucada do Ara – formada por jovens percussionistas da comunidade local – percorreu a praia anunciando que “o Ara chegou”. A batucada é um dos projetos sociais do Instituto Ara Ketu, onde funciona também uma escolinha de boxe. “Também estamos trazendo uma lojinha de camisetas, silk screen e bonés, onde teremos cursos de design e estamparia”, conta Alexandre San Galo.


***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas