Bem-vindo a Salvador: Aeroporto espera janeiro mais agitado dos últimos três anos

salvador
18.11.2021, 05:30:00
Atualizado: 18.11.2021, 12:50:22
Salvador Bahia Airport terá mais seis destinos inéditos e a capital baiana estará ligada a 36 aeroportos, três a mais do que o ano passado (Marina Silva/Arquivo CORREIO)

Bem-vindo a Salvador: Aeroporto espera janeiro mais agitado dos últimos três anos

Melhora da pandemia e a aproximação do verão têm aquecido o setor de turismo, que está esperançoso para o ano que vem

Já é senso comum que os baianos moram onde os turistas escolhem passar as férias. Mas em 2020, a pandemia da covid-19 fez com que muitos deles tirassem as viagens das suas listas de prioridades. Agora, o avanço da vacinação e a diminuição do número de casos da doença, têm movimentado o setor na capital e o Aeroporto de Salvador já prevê ter o melhor janeiro desde 2019, o que reflete diretamente no turismo da cidade. A expectativa é que os hotéis atinjam até 75% de ocupação neste mesmo período, de acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis da Bahia.

Isso quer dizer que os números para o primeiro mês de 2022 devem superar o movimento do aeroporto de janeiro no último ano antes da pandemia. Outra notícia que anima o turismo é que o Salvador Bahia Airport terá seis destinos inéditos, com voos diretos para Montes Claros e São José do Rio Preto, na região Sudeste; Belém e Porto Velho, no Norte; Cuiabá, no Centro-Oeste; e Florianópolis, no Sul. Assim, a capital baiana estará ligada a 36 aeroportos, três a mais do que o ano passado.

“A nossa expectativa é de uma demanda aquecida, tanto pelo avanço da vacinação como pelo longo período que as pessoas passaram dentro de casa, ainda mais porque Salvador é um dos principais destinos turísticos do Brasil, tanto pelos seus elementos naturais quanto culturais”, explica Marcus Campos, gerente de Marketing e Promoção Aérea do Aeroporto de Salvador. 

Nesta quarta-feira (17), inclusive, a Secretaria de Turismo da Bahia (Setur-BA) promoveu um road show em Manaus e deu início às tratativas com o Governo do Amazonas e as empresas Gol e Latam para a implantação do voo direto Salvador-Manaus-Salvador. “A conectividade aérea é de suma importância na atividade turística, o Governo da Bahia estimula voos com desoneração do ICMS do querosene da aviação”, afirma o secretário Maurício Bacelar. 

No setor de hotelaria as expectativas também são altas. O presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis da Bahia (Abih-BA) Luciano Lopes afirma que a previsão para a ocupação em janeiro de 2022 seja 20% maior que a do primeiro mês de 2020. “Em setembro tivemos uma ocupação nos hotéis de 60,05% e de 64,5% em outubro, esses dados demonstraram uma boa trajetória de crescimento”, afirma Lopes. 

Interior do estado

Não é só a capital que está ganhando com a volta dos turistas, as praias da região da Linha Verde, Morro de São Paulo e a Chapada Diamantina são alguns dos destinos que estão em alta, segundo o vice-presidente da Associação Brasileira de Agências de Viagem da Bahia (Abav-BA) Jorge Pinto. “Já observamos o crescimento de mais de 50% no número de turistas se comparado com 2020 e a ocupação nos hotéis para o final do ano chega a 70% em Salvador”, afirma. 

Rodrigo vai para Barra Grande com amigos

(Foto: Acervo Pessoal)

Rodrigo Martins, que mora em Goiânia, já tem passagem comprada para passar o fim do ano em Barra Grande, no Sul do estado, com amigos: “Sempre viajo nesta data em busca de grandes festas e no último Réveillon, embora eu tenha viajado, o foco foi de descanso, já que as grandes festas não aconteceram devido a pandemia”. 

Em Salvador, o turismo é responsável por cerca de 20% da economia. Como o setor afeta diversos empreendimentos, como hotéis, restaurantes, aeroportos, agências de viagens e locadoras de automóveis, a atividade turística representa uma engrenagem importante para que mais dinheiro circule na cidade. 

Segundo o secretário estadual de turismo Maurício Bacelar, a ocupação hoteleira no mês de setembro deste ano na capital foi de 62,7%. Maior do que a do mesmo mês em 2019, antes da pandemia, que foi de 62% . Mesmo com as indefinições sobre a realização das festas de Réveillon e Carnaval, muitas pessoas têm se programado para passarem o verão no estado. 

Daniel tem família em Salvador

(Foto: Acervo Pessoal)

Daniel SIlva mora em São Paulo e tem família que reside na capital baiana. Por conta da pandemia, ele, que já tinha alguns voos comprados, teve que remarcar as datas. No dia 23 de dezembro o jovem vai desembarcar em Salvador para passar as festas de final de ano com os familiares. Daniel se sente mais seguro para viajar devido ao avanço da vacinação e é um dos turistas que esperam a decisão sobre o carnaval em 2022. Se as festas forem confirmadas, ele pretende retornar para a cidade e utilizar, novamente, as passagens remarcadas.

“A ciência ainda não sinaliza que devemos realizar grandes festas de fim de ano, mas sabemos que a Bahia é o destino mais desejado dos brasileiros também por conta do ecoturismo, turismo de negócios, religioso e outros”, defende Bacelar. A Secretaria de Turismo do Estado (Setur-BA) lançou o plano Viva Turismo Bahia, com o objetivo de elaborar medidas estratégicas para a retomada das atividades no setor. Os principais pilares da proposta são protocolos de biossegurança, capacitação profissional, promoção dos destinos e obras de infraestrutura.

Condições favoráveis

Além dos fatores que dizem respeito à pandemia, outros são apontados como propulsores da retomada do turismo, que já está sendo sentida desde os feriados de outubro. A alta do dólar e as dificuldades de viajar para fora do país ainda por conta da covid-19 são alguns dos motivos que têm feito os brasileiros optarem pelo turismo nacional

O presidente da Empresa Salvador Turismo (Saltur) Isaac Edington acredita que o turismo doméstico deve colher frutos positivos dessa retomada e propõe que estratégias sejam feitas para que o calendário do ano que vem seja intenso para reter os turistas do estado: “A nossa expectativa de movimentação na cidade é muito boa, mesmo com as limitações o verão deve ser bem aquecido”, afirma.

Douglas se sente mais seguro após as duas doses da vacina anticovid

(Foto: Acervo Pessoal)

O estudante Douglas Correia já morou em Salvador entre 2011 e 2015 e agora pretende voltar à cidade no início de janeiro de 2022 para visitar amigos e passar as férias. Atualmente residindo em Juiz de Fora, em Minas Gerais, ele ainda não tem passagem comprada, mas espera conseguir viajar, já que tomou as duas doses da vacina contra a covid-19 e se sente mais seguro. 

*Com a orientação da sub-chefe de reportagem Monique Lôbo

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas