Bolsonaro é denunciado na ONU por indulto ao deputado Daniel Silveira

brasil
25.04.2022, 13:58:05
(Reprodução/Redes Sociais )

Bolsonaro é denunciado na ONU por indulto ao deputado Daniel Silveira

Denúncia feita pela Associação Brasileira de Imprensa

A Associação Brasileira de Imprensa (ABI) apresentou uma denúncia à Organização das Nações Unidas (ONU) contra o presidente brasileiro, Jair Bolsonaro (PL). A ação é motivada pelo indulto individual concedido ao deputado Daniel Silveira (PTB), condenado a mais de oito anos de prisão pelo Supremo Tribunal Federal (STF). 

O gesto de Bolsonaro foi recebido como uma afronta ao Judiciário, além de reforçar a preocupação internacional sobre a democracia brasileira. 

Para a ABI, trata-se de uma "usurpação de poderes" por parte do presidente e uma ação que viola a independência do Judiciário. Na carta preparada pelo advogado Carlos Nicodemos, solicita-se que o relator da ONU conceda uma reunião para que a ABI apresente ao representante "as ameaças à democracia e independência do Judiciário" no Brasil. 

O documento ainda pede que o relator acompanhe o caso do deputado Daniel Silveira e que o mecanismo da ONU se posicione diante das violações.

Em setembro de 2021, o Alto Comissariado da ONU para Direitos Humanos afirmou estar preocupado com as ameaças dirigidas contra o Supremo Tribunal Federal e informou que estava "acompanhando de perto" a situação do país diante da convocação de atos.

De acordo com a entidade, seu Escritório Regional para a América do Sul "reitera a importância de proteger o direito à liberdade de reunião pacífica, bem como suas preocupações com casos de discurso de ódio contra povos indígenas e ameaças contra instituições como o Supremo Tribunal Federal”.
 

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas