BRF cria game para colaboradores a fim de evitar desperdício de alimentos

ivan dias marques
09.10.2021, 06:00:00

BRF cria game para colaboradores a fim de evitar desperdício de alimentos

Em um país com quase 20 milhões de pessoas passando fome, é fundamental evitar o desperdício de alimentos. A BRF resolveu começar uma campanha de conscientização por seus funcionários e está usando um game para isso. 

Desenvolvido pela Garagem BRF, área responsável por incentivar o intraempreendedorismo na companhia, e pelo Instituto BRF, associação que direciona de forma estratégica os investimentos sociais da BRF, o ECCO Game pode ser baixado pela Google Play Store ou Apple App Store. Depois do lançamento interno, a previsão da empresa é de que, até o mês que vem, o jogo esteja disponível para o público externo também. O objetivo é impctar até 1,5 milhão de pessoas até 2030.

De acordo com a BRF, o app conta com diversos minigames, que promovem "ensinamentos e boas práticas para reduzir o desperdício de alimentos no dia a dia, tanto na empresa quanto em casa". Os temas incluem, por exemplo, o consumo de frutas e legumes imperfeitos; planejamento das refeições e compras; uso integral dos alimentos; higiene na hora do preparo e armazenamento correto.

“Os times da Garagem BRF e do Instituto BRF têm investidos esforços para criar maneiras de endereçar e engajar as pessoas em um tema tão importante como este. Acreditamos que combinando inovação e educação conseguimos ampliar nosso impacto com público interno e também externo.”, afirma Sérgio Pinto, diretor de Inovação da BRF.

“Queremos que os colaboradores entendam que são agentes ativos da transformação. Nossas ações possuem influência direta no ambiente em que vivemos. Por isso, prestando atenção nos pequenos atos do cotidiano e mudando velhos hábitos, conseguiremos impactar cada vez mais pessoas na conscientização a fim de evitar o desperdício de alimentos”, diz Bárbara Azevedo gerente do Instituto BRF.



***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas