Carro fora do padrão pode ser apreendido durante a viagem; saiba

brasil
18.06.2022, 10:56:00
Da transparência da película até a instalação do engate de reboque é preciso seguir normas. Ficar fora delas rendem multas e podem até levar à apreensão do veículo (Foto: Newspress)

Carro fora do padrão pode ser apreendido durante a viagem; saiba

Conheça algumas situações que podem render multas e complicar a sua viagem para curtir as festas juninas

Se você vai pegar a estrada para curtir o São João, já deve ter feito ou programado uma revisão do carro, além de checado a documentação. Mas é bom ficar atento a outras situações que podem fazer você perder os festejos juninos depois de dois anos sem eventos por causa da pandemia.

Vá até a garagem e observe seu automóvel. Veja se além da manutenção de rotina ele pode ser mal interpretado em uma blitz. A película está escura demais? O engate atende as normas? A iluminação e a cor foram alteradas? A central multimídia foi destravada ou alterada? Procure ajustar isso logo, afinal, a prevenção é a melhor opção.

VAI CURTIR O SÃO JOÃO NA BAHIA? CLIQUE AQUI E VEJA GUIA COMPLETO DOS FESTEJOS

As películas que escurecem os vidros, também conhecidas pela marca de uma delas (Insulfilm), são úteis para proteger contra a luminosidade excessiva na cabine e, às vezes, melhoram a segurança, deixando os ocupantes menos expostos a eventuais assaltos. Mas não exagere.

O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) impõe limites de transparência e o vidro dianteiro é o mais visado nas fiscalizações. O para-brisa deve ter pelo menos 75% de transparência após a aplicação da película. Nos vidros laterais, o limite mínimo é de 70% para os dianteiros e 50% para os de trás. Já o vidro traseiro precisa ter ao menos 28% de transparência.

Os motoristas que insistem em escolher películas mais escuras que o permitido estão sujeitos a multa grave, que rende cinco pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e o pagamento de R$ 195,23. E não é só isso, poderá ocorrer a apreensão do veículo até que os itens irregulares sejam retirados.

Atenção, se você estiver promovendo uma festa e cobrir os vidros com adesivos ou bandeiras também estará infringindo a lei.

Uma dica, se você gosta de vidros transparentes e quer bloquear apenas a ação solar, existem proteções transparentes no mercado.

Atenção à iluminação
Não adianta ficar oculto e nem aparecer demais. Aumentar a iluminação exageradamente também é uma infração. Os faróis de xenônio, por exemplo, só são permitidos quando o veículo já sai de fábrica com eles. A instalação posterior é proibida e considerada infração grave, que gera cinco pontos na CNH do condutor e um boleto de R$ 195,23.

E, se viajar à noite, lembre-se de reduzir o farol ao cruzar zonas urbanas. Fazer uso de luz alta em vias providas de iluminação pública é uma infração leve, que rende três pontos de custa R$ 88,38.

Outra dica: se você transitar de moto e estiver com o farol apagado em qualquer horário do dia, irá cometer uma infração gravíssima, que custa R$ 293,47 e leva à suspensão da CNH.

O que você reboca?
Há uma situação peculiar no país: a instalação de um reboque na traseira. Alguns acham bonito e instalam, outros acham que o equipamento irá prover uma proteção extra.

É bom entender que alguns veículos não estão habilitados a receber essa peça, como a geração anterior do Toyota Corolla (2015 a 2019), o Chevrolet Onix e Onix Plus atuais, Nissan Kicks, Volkswagen up! e Honda HR-V, por exemplo. Esses modelos não estão homologados para tracionar reboques e a sua instalação irá levar, além da multa, à perda da garantia.

Em outros veículos, a instalação do engate não é proibida, mas é importante seguir uma série de normas e regras criadas pelo Contran através da Resolução número 197 de 25 de julho de 2006.

Se for instalado como acessório, deve trazer uma plaqueta metálica inviolável com registro no Inmetro, nome e CNPJ do fabricante, modelo de veículo ao qual se destina e a capacidade máxima de tração do automóvel.

O equipamento também precisa ter uma tomada para ativar as luzes de sinalização do reboque, dispositivo para fixação de corrente de segurança e não apresentar superfícies cortantes.

Burlar a regra implica no pagamento de uma multa de R$ 195,23, cinco pontos na habilitação e retenção para regularização.

Posso mudar a cor?
Se você quiser entrar na moda e envelopar ou pintar o teto de uma cor contrastante da carroceria não irá precisar alterar a cor do veículo na sua documentação.

Mas se a mudança ultrapassar 50% da área da carroceria, será necessário levar o veículo para uma aferição e ajustes nos documentos. Se não fizer isso irá cometer uma infração grave, o que gera uma multa de R$ 195,23 e cinco pontos na CNH.

No multimídia, só o GPS
As telas das centrais de multimídia são uma tentação para muitos motoristas assistirem vídeos. Mas apenas os passageiros podem se distrair, o condutor não tem esse direito e, dessa forma, quem viaja no banco do carona também não.

A exceção é para sistema mais avançados, que fornecem, por exemplo, a imagem do GPS para o motorista e uma série para o passageiro.

O motorista só pode acompanhar TV ou vídeo quando o automóvel estiver estacionado, conforme a Resolução 242 do Contran. O descumprimento da resolução constitui infração grave e retenção do veículo até que seja regularizado.

Por motivo do recente aumento de casos de covid-19, o CORREIO volta a chamar a atenção para a necessidade da vacinação completa (de acordo com cada faixa etária) contra o novo coronavírus. Além disso, sugere o uso de máscaras apropriadas, a higienização das mãos e o cuidado com aglomerações.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas