De salsicha a casa de morcegos: conheça histórias curiosas de marcas automotivas

só se vê no correio
24.07.2021, 05:31:00
Em 2018, a Volkswagen comemorou os 45 anos de produção interrupta de salsicha na sede da empresa, em Wofsburg, na Alemanha (Foto: VW)

De salsicha a casa de morcegos: conheça histórias curiosas de marcas automotivas

Além de carros, veja outros produtos que as montadoras já produziram

Algumas marcas automotivas são tão sólidas nesse mercado que você nem imagina que elas já produziram ou produzem algo que não seja relativo aos veículos.

Mas a história é diferente e algumas já atuaram em negócios bem distintos, desde moedores até salsichas. Não falo de itens especiais ou comemorativos.
 
BMW
BMW é uma sigla, que remete a Bayerische Motoren Werke, ou “fábrica de motores da Baviera”, em alusão ao estado onde fica sediada na Alemanha.

Em 1918 a BMW se dedicada à produção de propulsores para aviões (Foto: BMW)

A empresa foi fundada com o intuito de produzir motores para aviões, mas após a Primeira Guerra Mundial, devido ao Tratado de Versailles, foi proibida de construí-los.

A produção da motocicleta R32 em 1923 (Foto: BMW)

Por esse motivo, começou a produzir motocicletas em 1923, a primeira foi a R32, e em 1927 dedicou-se à fabricação de automóveis. Atualmente, é proprietária das marcas britânicas Rolls-Royce e MINI.
 
GENERAL MOTORS
Há anos, a General Motors apoia iniciativas sustentáveis, e até os morcegos estão nos planos de preservação. Assim, a empresa criou casas de morcego com tampas de bateria do Chevrolet Bolt que podem abrigar até 150 pequenos morcegos marrons cada.

As tampas das baterias de um carro elétrico da Chevrolet foram transformadas em casas para morcegos (Foto: GM)

O autor da ideia foi John Bradburn, gerente global de redução de resíduos da GM, que decidiu transformar o material difícil de reciclar em estruturas de aninhamento.

O vídeo, em inglês, mostra o processo de construção do equipamento em ninho de morcego

 No Brasil, nos anos 1940, como experiência, importou dos Estados Unidos os primeiros refrigeradores Frigidaire - marca que fazia parte da GM.

A Frigidaire já pertenceu a General Motors, que vendeu geladeiras da marca no Brasil (Foto: GM)

A empresa previa uma boa aceitação do produto, mas não poderia imaginar que seria umas das marcas de eletrodomésticos de maior prestígio entre consumidores brasileiros nas décadas de 1940 e 1950.
 
HONDA
A japonesa Honda surgiu após a Segunda Guerra Mundial como fabricante de motocicletas. Depois de vários negócios, que passaram pela fabricação de peças, Soichiro Honda produziu, em 1949, a primeira moto.

A linha automotiva só surgiu em 1963, com a criação do S500.

A empresa japonesa atua em diversos segmentos, incluindo o de jardinagem (Foto: Honda)

Mas o portfólio da empresa vai além de modelos de duas e quatro rodas, ela produz desde produtos de força, como motores e cortadores de grama, até avião, o Honda Jet.

O avião a jato da Honda acomoda até seis passageiros (Foto: Honda)

 PEUGEOT
A família Peugeot investiu em vários ramos, em 1842, entrou no ramo alimentício produzindo moinhos de café, depois disso, começou a produzir armações para vestidos, guarda-chuvas, ferramentas e utensílios domésticos.

Há 179 anos a Peugeot produz moedores de sal e pimenta (Foto: Peugeot)

Somente 40 anos depois começaram a fabricar bicicletas e motos. Posteriormente, vieram os automóveis. Até hoje os moedores de sal e pimenta são vendidos.
 
VOLKSWAGEN
A Volkswagen começou sua história como produtora de automóveis. Mas em 1973 começou a fabricar em sua sede, em Wolfsburg, na Alemanha, salsichas. Isso mesmo.
 
No terreno de 6,5 milhões de m², que abriga as linhas de montagem de vários carros, há uma área destinada ao açougue e lá são produzidas salsichas do tipo Currywurst.

Disputada nos salões de automóveis na Europa, a famosa salsicha da VW é comercializada em 12 países (Foto: Ralf Roletschek/Wikipedia)

Os embutidos eram feitos, inicialmente, apenas para consumo nos 17 restaurantes dos funcionários da unidade em Wolfsburg. Porém, há anos são vendidas em lojas de conveniência e outros pontos de comércio da Alemanha e outros 12 países da Europa.
 
O alimento tem até código de identificação no catálogo de peças da empresa: 199 398 500 A, e em 2019 teve 6,8 milhões de unidades produzidas, superando a produção de automóveis, que somou 6,2 milhões de exemplares naquele ano.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas