Especialista em Picapes: Ford aposta em novidades do segmento para o Brasil

brasil
28.09.2021, 12:22:00
Há 38 anos, o veículo mais vendido nos EUA é uma picape (Fotos: Ford)

Especialista em Picapes: Ford aposta em novidades do segmento para o Brasil

Líder em picapes nos EUA, Ford tem picape conectada no Brasil e prepara novos lançamentos

O mercado automotivo dos Estados Unidos é um dos mais competitivos do mundo. São mais de 15 milhões de automóveis e comerciais leves zero-quilômetro vendidos anualmente. Curiosamente, o modelo mais vendido há 38 anos é uma picape. Ou melhor, as picapes da Série F da Ford, com destaque para a F-150.

No ano passado, mesmo com o impacto da pandemia, 786.250 unidades dos modelos da Série F foram emplacadas nos EUA. Como comparação, o mercado brasileiro somou 1.950.889 emplacamentos de carros, picapes e vans ano passado.

Mas a Ford que ir além. A Ranger, que chegou a ficar fora de linha nos EUA por sete anos, retornou em 2019 e o fabricante já garantiu que a nova geração do utilitário está confirmada por lá. Além disso, a empresa irá comercializar no país uma configuração elétrica da F-150, a Lightning, e um produto inédito.

Apesar do nome Maverick já ter sido utilizado pela montadora, agora ele vai batizar uma picape que também está confirmada para o mercado brasileiro. E deve desembarca por aqui logo no começo do ano que vem. Diferentemente do que acontece com a F-150 e a Ranger, que utilizam uma cabine sobre chassis, a Maverick é uma picape monobloco - que utilizará a mesma plataforma do Bronco Sport. Assim como o SUV, a picape também será produzida no México.

Esse anúncio de mais um produto do portfólio global abre espaço para a possibilidade da estreia da F-150 no país. Uma das versões mais cotadas seria a Raptor, que tem uma pegada mais esportiva e que deverá ser apresentada em nova geração nos próximos meses, já como linha 2023. A versão anterior, que foi testada pelo AUTOS, já era bem robusta, tinha um motor V6 3.5 biturbo a gasolina que entrega 450 cv de potência e 70 kgfm de torque.

No Brasil, a linha Ranger, como a Black, pode ser comandada por meio de um aplicativo

Diversidade da Ranger

No Brasil, a empresa oferece atualmente a Ranger, em uma ampla gama de configurações. São versões com cabine simples e dupla, com tração 4x2 ou 4x4. Há ainda duas opções de motorização: 2.2 litros e 3.2 litros, sempre turbodiesel.

Neste ano, a novidade é a versão Black, que é baseada na versão XLS com motor 2.2, que rende 160 cv de potência e entrega 39,3 kgfm de torque. Com tração 4x2 e transmissão automática, o utilitário incorpora vários itens que fazem parte da versão topo de linha, a Limited. Entre eles, estão o santônio exclusivo.

A chegada da Black, marcou a introdução da linha 2022 da picape no mercado nacional e agregou um importante avanço tecnológico, o FordPass. Graças a incorporação de um modem, a picape tem um chip de dados a bordo. Assim é possível, por meio de um aplicativo para smartphone, comandar e checar remotamente várias funções.

Na tela do celular, o motorista pode ligar remotamente e climatizar a cabine - mesmo que a versão que possua não conte com partida por botão. Conferir a autonomia do combustível, a pressão dos pneus e até agendar uma revisão podem ser feitos via app.

A Maverick foi confirmada para o mercado brasileiro e será importada do México
A Maverick foi confirmada para o mercado brasileiro e será importada do México
O interior da Maverick tem linhas similares às adotadas no SUV Bronco Sport
O interior da Maverick tem linhas similares às adotadas no SUV Bronco Sport
A energia das baterias da F-150 Lightning pode ser utilizada para movimentar máquinas
A energia das baterias da F-150 Lightning pode ser utilizada para movimentar máquinas
No Brasil, a linha Ranger, como a versão Black, pode ser comandada por meio de um aplicativo
No Brasil, a linha Ranger, como a versão Black, pode ser comandada por meio de um aplicativo


O Especial Correio Autos 12 anos conta com o patrocínio da Audi, Chevrolet e Ford.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas