Família de João Gilberto contesta laudo encomendado por gravadora

variedades
30.07.2019, 23:09:00
Atualizado: 30.07.2019, 23:11:39
(Arquivo AFP)

Família de João Gilberto contesta laudo encomendado por gravadora

Cantor entrou na Justiça contra a gravadora no início dos anos 1990

Uma disputa judicial de mais de duas décadas que colocou em lados opostos o músico João Gilberto e a gravadora EMI, que pertence a Universal Music, ganhou um novo capítulo este mês. Condenada em 2015 a pagar mais de R$ 170 milhões ao artista por direitos autorais, a empresa recorreu e viu o valor da causa agora ser reduzido para cerca de R$ 13 milhões. A família do músico, que morreu no início deste mês, contesta a redução e vê falhas na perícia.

João Gilberto entrou na Justiça contra a gravadora no início dos anos 1990 após a EMI relançar, em 1988, alguns de seus discos sem autorização. O músico ainda apontou que a gravadora fez alterações técnicas que não condiziam com sua obra - ele sempre foi reconhecido pela preocupação com os detalhes.

Após muitas idas e vindas aos tribunais, o cantor teve seu pleito reconhecido pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) em 2015. À época, a perícia encomendada pela Justiça apontou que João Gilberto teria direito a uma indenização de cerca de R$ 172 milhões, valor que, atualizado chegaria hoje a quase R$ 220 milhões. O montante era referente a 18% sobre o valor da venda de seus discos ao longo das décadas, além de 6% de dano moral. "O João Gilberto tinha informações, dados e documentações que foram juntados aos autos e serviram como base para o primeiro laudo. São vendas da vida inteira dele, então dá para se imaginar (quanto representa) 24% de tudo o que ele vendeu", disse para a reportagem Michel Asseff Filho, um dos advogados que representa o músico - a causa agora está com os herdeiros.

O artista aguardava apenas a execução da sentença para receber o que a Justiça havia determinado, mas uma nova perícia fez o valor da dívida da gravadora despencar. Segundo os novos cálculos, o valor correto seria de pouco mais de R$ 13 milhões. "Esse novo laudo de fato a família do João Gilberto não consegue compreender", afirmou Asseff Filho, que declarou ainda não saber em que ele foi baseado. "Essa pergunta tem que ser feita ao perito, e vamos ver como ele vai explicar. O primeiro laudo foi baseado em documentação que está nos autos, e que é isso que o João Gilberto sempre entendeu que era devido."

A suspeita dos advogados é de que a perícia apresentada à Justiça tenha sido feita por técnicos da própria gravadora, sendo apenas assinada pelo perito contratado. A defesa teria detectado isso a partir da análise do material fornecido pelo investigador à Justiça.

"Essa informação foi observada no próprio pen-drive que o perito deixou no cartório da 1ª Vara Empresarial, que deveriam contar com os anexos do laudo físico que ele apresentou", explicou Michel Asseff Filho. Procurada pelo jornal O Estado de S. Paulo desde a segunda, 29, a Universal Music não se manifestou.


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/linn-da-quebrada-estrela-bixa-travesty/
Documentário debate sobre o corpo, gênero e identidades
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/policia-civil-analisa-imagens-de-acao-da-prf-que-deixou-adolescente-morto/
Pai foi ouvido no DHPP; familiares homenagearam garoto de 17 anos nesta quinta-feira (21)
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/operario-fica-pendurado-em-predio-durante-pintura-e-e-socorrido-veja-video/
Ele foi retirado de edifício em Fortaleza e conduzido a unidade médica pelo Samu
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/apos-passar-mal-e-ser-socorrido-no-senado-kajuru-segue-internado-na-uti/
Colega baiano Otto Alencar ajudou a socorrê-lo em plenário: ‘não vai ficar sequela’
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/matou-como-se-ela-fosse-bicho-diz-testemunha-de-crime-contra-moradora-de-rua/
Defesa de comerciante alega que ele reagiu a uma tentativa de assalto
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/bombeiros-controlam-incendio-em-academia-na-graca/
Fogo começou por volta das 22h40 e foi contido rapidamente
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/vai-para-um-programa-que-te-mereca-diz-fontenelle-a-lacombe-ao-vivo/
Jornalista ficou sem graça com o comentário e afirmou estar feliz no Aqui na Band
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/audiencia-do-caso-davi-fiuza-e-marcada-para-abril-de-2020/