Festival alternativo agita a Aldeia Hippie de Arembepe

sua diversão
24.01.2020, 17:52:21
Atualizado: 24.01.2020, 17:55:26

Festival alternativo agita a Aldeia Hippie de Arembepe

Evento é realizado há 50 anos na localidade e atrai visitantes de outros estados e estrangeiros

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

De hoje a domingo, acontece em Arembepe mais um Festival da Aldeia - uma reserva da cultura alternativa que resiste, faz 50 anos, na Aldeia Hippie da localidade de Camaçari. O evento, realizado excepcionalmente  neste fim de semana (geralmente acontece na primeira lua cheia do ano),  permite a integração dos artistas locais e convidados com a comunidade de Arembepe e do entorno, atraindo visitantes do Brasil e do mundo  para o turismo de Camaçari.

Esse ano, o Festival vai homenagear Manu, grande estilista da contracultura, pioneiro da cultura Hippie em Arembepe e no mundo, falecido em 2015, e conta com o apoio da Prefeitura de Camaçari, demais órgãos públicos e comércio para que seja ofertada uma boa estrutura.

PROGRAMAÇÃO

Sexta 24/01
17hs - Fufa (Voz e Violão)
18hs - Cesar (Voz e Violão)
19hs - Ednaldo Sá
20hs - Chacal
(Rock)
Ventania e Banda(Blue e Rock)

Sábado 25/01
10hs - Chegança Masculina
13hs - D Bete e as Nativas de Arembepe
14hs - D'Jaua
15hs - Carla Matos
16hs - Morto e Banda
17hs - Alceu e Banda(Família)
18hs - Manequinha da Luz
19hs - Pedro Ivo e Banda Tribo do Sol
22hs - Black e Carlinhos do Bode
23hs Binho de Prata
00hs - Alex Mix

Domingo 26/01
10hs - Palco aberto aos Artista visitantes
14hs - Pincel
17hs - Ze Eduardo

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas