Governadores do Nordeste reagem às declarações de Bolsonaro sobre o coronavírus

brasil
25.03.2020, 17:00:00
Atualizado: 25.03.2020, 17:34:14
Jair Bolsonaro em teleconferência com governadores do Sudeste (Foto: Marcos Corrêa/PR)

Governadores do Nordeste reagem às declarações de Bolsonaro sobre o coronavírus

Fórum de governantes da região pede uma ação coordenada nacionalmente contra pandemia

O Correio oferece acesso livre a todas as notícias relacionadas ao coronavírus. Entendemos que informação séria e confiável é importante nesse momento. Colabore para que isso continue. Assine o Correio.


Os governadores dos nove estados nordestinos defenderam a necessidade de "cooperação e coordenação nacional" no enfrentamento da pandemia do coronavírus no país. Os gestores da região se comprometeram a manter e vigor as medidas de isolamento adotadas nos últimos dias.

Um dia após o presidente Jair Bolsonaro ter dito em um pronunciamento em rede nacional que haveria histeria em torno da situação, descrita por ele como "gripezinha" e "resfriadozinho", os governantes nordestinos criticaram o clima de "agressões em brigas". 

"Agressões e brigas não salvarão o País. O Brasil precisa de responsabilidade e serenidade para encontrar soluções equilibradas", defende a carta aberta dos festores estaduais, divulgada nesta quarta-feira, dia 25. 

Os governadores pediram que o foco seja totalmente direcionado à proteção dos empregos e à garantia da sobrevivência da população mais pobre. 

"Ficamos frustrados com o posicionamento agressivo da Presidência da República, que deveria exercer o seu papel de liderança e coalizão em nome do Brasil", acrescentou a correspondência.

Para os governadores nordestinos, este é "um momento de união, de se esquecer diferenças políticas e partidárias" e acrescentaram: "Acirramentos só farão prejudicar a gestão da crise". 

Mobilização

Em reação à radicalização do discurso do presidente Jair Bolsonaro das últimas horas, governadores dos 27 estados decidiram mobilizar-se à margem da orientação federal, de acordo com informações da Folha de S. Paulo.

Uma videoconferência com os chefes dos Executivos estaduais deve ocorrer na tarde desta quarta-feira (25) para debater estratégias de contenção do coronavírus à luz da pressão de Bolsonaro para que o isolamento da população seja flexibilizado.

Governadores começaram a trocar mensagens na noite de terça-feira (24), logo após o pronunciamento do presidente em rede nacional de TV, em que atacou a imprensa, pediu a volta às aulas e mais uma vez minimizou os riscos da doença para a saúde pública.

A gota d´água, no entanto, foi a entrevista de Bolsonaro dada pela manhã em frente ao Palácio do Alvorada, em que o presidente disse que a prioridade deveria ser a retomada da atividade econômica e citou até riscos para a democracia.

Foi esse o fator que levou os governadores a combinarem a reunião, da qual não participarão, a princípio, Bolsonaro nem representantes do governo federal.

Desde o início da crise, o presidente tem tido atitude crítica aos governadores, especialmente os de São Paulo, João Doria (PSDB) e Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), vistos como possíveis adversários na corrida presidencial em 2022.

Em entrevista à TV Record no domingo (22), o presidente chegou a dizer que a população está sendo enganada pelos governadores e em breve descobrirá isso.

A declaração provocou irritação em diversos governadores, que se veem na linha de frente do combate ao vírus e sentem-se boicotados pelo presidente, que estaria preocupado apenas com a situação econômica.

***

O CORREIO entende a preocupação diante da pandemia do novo coronavírus e que a necessidade de informação profissional nesse momento é vital para ajudar a população. Por isso, desde o dia 16 de março, decidimos abrir o conteúdo das reportagens relacionadas à pandemia também para não assinantes. O CORREIO está fazendo um serviço de excelência para te manter a par de todos os últimos acontecimentos com notícias bem apuradas da Bahia, Brasil e Mundo. Colabore para que isso continue sendo feito da melhor forma possível. Assine o jornal.


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/como-fazer-um-ovo-de-pascoa-em-casa-o-correio-te-conta/
Especialistas ensinam como fazer o melhor ovo de páscoa de dentro da sua cozinha
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/coronavirus-veja-quais-as-areas-do-carro-que-precisam-de-maior-cuidado/
Jornalista automotivo fala sobre limpeza e como manter o veículo guardado durante a quarentena
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/surto-de-lives-na-quarentena-transmissoes-ao-vivo-se-tornaram-comuns-e-ate-memes/
Confira também uma lista de perfis para acompanhar os 'ao vivo'
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/autor-de-video-compartilhado-por-bolsonaro-pode-pegar-6-meses-de-prisao/
Gravação trazia informações falsas sobre desabastecimento de alimentos
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/abner-pinheiro-publica-foto-com-bebe-nunca-vou-desistir-de-voce/
Briga após influencer baiano descobrir que não é o pai de sangue de bebê foi o assunto mais comentado nas redes sociais
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/apos-polemica-com-teste-de-dna-e-traicoes-sthe-vai-processar-abner/
Briga após influencer baiano descobrir que não é o pai de sangue de bebê foi o assunto mais comentado nas redes sociais
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/em-live-com-miley-cyrus-anitta-e-chamada-de-icone-pop-brasileiro/
Cantoras conversaram via Instagram e dançaram Rave de Favela
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/ajustes-deixaram-a-ranger-mais-competitiva/
Em vídeo, Antônio Meira Jr., explica o que mudou na picape da Ford
Ler Mais