Governo de SC libera funcionamento de igrejas e estabelecimentos comerciais

coronavírus
21.04.2020, 10:42:16
(Maurício Vieira/Secom-SC)

Governo de SC libera funcionamento de igrejas e estabelecimentos comerciais

Retomada será de "forma muito responsável e calculada", diz governador

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O governador de Santa Catarina, Carlos Moisés (PSL), anunciou nesta Segunda-feira (20) a liberação de uma série de atividades comerciais e religiosas como medida de afrouxamento à pandemia do novo coronavírus. Já a partir desta terça-feira, 21, templos e igrejas estão permitidos a receber fiéis. Na Quarta-feira (22) passa a ser autorizada a reabertura de shopping centers, centros comerciais, galerias, restaurantes e academias. Todos os serviços, porém, vão precisar atender requisitos de distanciamento social e higienização.

"Essa retomada de atividades está sendo feita de forma muito responsável e calculada, inclusive com o uso de ferramentas que medem o impacto de cada movimento que o governo faz. Contamos também com a colaboração de todos os catarinenses para que sigam as regras estabelecidas, a fim de evitar o contágio", afirmou Moisés. As liberações para a retomada dessas atividades serão asseguradas com a publicação de portarias no Diário Oficial do Estado.

Para templos e igrejas, o funcionamento terá de ser no máximo com 30% da capacidade do local. Está vetada a presença de pessoas do grupo de risco da pandemia, como idosos, imunodeprimidos e imunossuprimidos. Durante as celebrações, as pessoas terão de manter uma distância mínima de 1,5 metro entre si. A instituição religiosa terá de garantir que os presentes usem máscaras e higienizem as mãos com álcool em gel.

A portaria do governo catarinense ainda definiu detalhes como a distribuição dos assentos e a alternância entre fileiras vazias e ocupadas. Para o caso de transmissão das celebrações pela internet, a equipe responsável deve ser de no máximo cinco pessoas. Se houver atendimentos individuais às pessoas, a orientação é para seja exclusivamente com agendamento.

As medidas de cuidado valem enquanto durar a pandemia do novo coronavírus. A fiscalização será realizada pela vigilância sanitária e das equipes de segurança pública. O governo catarinense vai anunciar nesta terça-feira o regramento para as demais atividades, entre elas shoppings, restaurantes e galerias


***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas