Governo planeja novas parcelas do auxílio emergencial até o fim do ano

brasil
04.08.2020, 08:45:57
Atualizado: 04.08.2020, 08:59:57

Governo planeja novas parcelas do auxílio emergencial até o fim do ano

Valor das prestações seria menor que os R$ 600 atuais

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Vendo os impactos positivos do auxílio emergencial na economia e na popularidade do presidente Jair Bolsonaro, o governo federal já está discutindo a possibilidade de estender o auxílio emergencial até o fim do ano.

Entretanto, segundo o blog da jornalista Ana Flor, no G1, para evitar um rombo ainda maior nas contas públicas de 2020, a ideia do governo é negociar com o Congresso um valor menor, entre R$ 200 e R$ 300. Mas, para modificar o repasse, é preciso aval dos parlamentares.

Na semana passada, economistas do mercado financeiro viam nas viagens de Bolsonaro um sinal de que não haveria clima para encerrar o auxilio emergencial. 

Já para reduzir os valores, a equipe econômica argumenta que já há sinais de retomada para muitos setores.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas