Helicóptero das Forças Armadas do Paraguai cai na fronteira com o Brasil

brasil
22.11.2019, 08:59:10
Atualizado: 22.11.2019, 09:04:34
(Reprodução)

Helicóptero das Forças Armadas do Paraguai cai na fronteira com o Brasil

Aeronave retornava para a base depois de completar operação, quando perdeu potência e caiu

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.


A aeronave caiu sobre um depósito de seringas e produtos de saúde, ao lado do prédio da Senad, a poucos quilômetros da fronteira com o Brasil. Conforme a Senad, as dez pessoas que estavam a bordo - quatro tripulantes da Força Aérea e seis agentes do órgão - escaparam com vida.

O helicóptero retornava para a base depois de completar a operação, quando perdeu potência e caiu. O depósito se incendiou e os ocupantes conseguiram sair, mas alguns inalaram a fumaça tóxica e foram encaminhados para um hospital.

Bombeiros de Pedro Juan Caballero pediram apoio aos bombeiros militares de Ponta Porã, cidade brasileira que fica do outro lado da fronteira, em Mato Grosso do Sul, para o combate às chamas.

Conforme o ministro da Senad, Arnaldo Giuzzio, a aeronave era pilotada pela oficial Lilian Mosqueira, primeira mulher piloto das Forças Armadas no Paraguai.

Após o acidente, o presidente do país, Mario Abdo Benitez, publicou em sua conta no Twitter que conversou com Lilian e ela confirmou que todos os ocupantes do helicóptero estavam a salvo, tendo sofrido apenas ferimentos leves.

O prédio atingido pela aeronave ficou praticamente destruído pelas chamas. As autoridades paraguaias vão investigar as causas do acidente.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/5-filmes-que-voce-deve-assistir-para-apreciar-as-trilhas-de-ennio-morricone/
Compositor, que morreu aos 91 anos, era grande nome da música no cinema
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/rapper-baiano-hiran-lanca-segundo-disco-galinheiro/
Disco tem participações especiais de Tom Veloso, Majur e outros artistas
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/serie-baiana-que-revela-salvador-sombria-ja-esta-disponivel-no-amazon-prime/
Produção tem roteiro e direção de Julia Ferreira, baiana que estudou cinema em Londres e Madri
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/netos-de-luiz-gonzaga-divulgam-nota-de-nojo-por-uso-de-musica-em-live-de-bolsonaro/
Jair Bolsonaro convidou o presidente da Embratur para tocar durante a live da última quinta
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/moradores-da-lapinha-falam-ao-contrario-e-tem-um-dialeto-o-gualin/
Há meio século, falar ao contrário é considerado sinal de pertença para os moradores “raiz” do bairro da Lapinha
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/elza-soares-aos-90-e-cheia-de-projetos/
Cantora lança releitura de 'Juízo Final' e faz live neste sábado (4), com participação de Flávio Renegado
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/como-tratar-a-dor-da-chikungunya-entenda-fases-da-doenca/
Registro de casos aumentou 440% na Bahia nos últimos seis meses; sintoma pode se tornar crônico e durar anos
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/cheias-de-bossa-bebel-gilberto-lanca-parceria-com-martnalia/
Confira também o clipe Hipnose, de Larissa Luz, e a canção Caxixi, de Mariene de Castro
Ler Mais