Hip Hop é tema de fevereiro do Enxurrada Casa Preta

variedades
08.02.2017, 06:00:00

Hip Hop é tema de fevereiro do Enxurrada Casa Preta

Idealizado pelo Aldeia Coletivo Cênico, o projeto segue até julho

Muita água vai rolar até julho!  É o que promete o projeto Enxurrada Casa Preta, que esse mês traz como tema “Cultura HipHop”.Como o próprio nome sugere (enxurrada se caracteriza por grandes quantidades de água), a proposta é oferecer abundância de atividades, começando com oficinas sobre os quatro elementos deste movimento cultural que serão realizadas até o dia 10 (sexta).

No sábado (11), o subsolo da Casa Preta estará de portas abertas para a festa “No Barulho das Quebradas”, que irá contar com uma edição especial da batalha de MC’s “3º Round” e apresentações de grupos de rap como NoveZero, Sena de Quadra, Áurea Maria, Parenética e Levante! Dando seguimento à programação, no dia 13 (segunda) haverá o Encontro de Técnicos e Iluminadores da Bahia.

Grupo de rap Levante! fará apresentação dentro do projeto Enxurrada Casa Preta (Foto: Divulgação)


Do dia 14 ao dia 16, o público interessado poderá participar da oficina "Iluminação Cênica em Micro Escala: Pensando e Projetando Como Iluminador”. Ainda no dia 16 (quinta), será realizado o encerramento da oficina com o II Debate de Iluminação Cênica e Valorização do Técnico na Bahia - confira abaixo a programação detalhada.

Na sua segunda temporada, o projeto Enxurrada Casa Preta, idealizado pelo Aldeia Coletivo Cênico, promove mais uma vez um encontro de artistas de diversas linguagens na Casa Preta Espaço de Cultura, localizada no bairro Dois de Julho. São mais de 30 atrações, durante seis meses de atividades culturais de grupos e coletivos baianos, além de debates, oficinas, aulões e capacitações. A cada mês, começando de fevereiro até 23 de julho, um tema diferente irá dar o tom das atividades que englobam expressões como música, teatro, fotografia, dublagem, arte de rua e transformismo.

A escolha da programação está diretamente ligada com a área de pesquisa e atuação de artistas e grupos artísticos da Bahia que trazem debates, reflexões e visibilidade a temas de extrema relevância cultural e político-social como direitos LGBT, direitos humanos, feminismo, cultura afrobrasileira e herança indígena. Enxurrada Casa Preta é um projeto aprovado pelo Edital de Dinamização de Espaços Culturais, com apoio financeiro do Governo do Estado, através do Fundo de Cultura, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura da Bahia.

SERVIÇO

OFICINA 4 ELEMENTOS DO HIPHOP

Quarta:

 Tema: Break Dance – Ritmo & Fluxo

 Por: Erick Ratox (KillaFun)

Quinta:

Tema: Grafite – Cores e Valores

 Por: Zezé Olukemi

 Sexta:

 CineHipHop – Exibição de filmes ligados ao HipHop

Dia 11 - "No Barulho das Quebradas"

Horário: a partir das 17h

Atrações: 3º Round Edição Especial, NoveZero, Sena de Quadra, Áurea Maria, Parenética e Levante!

Dia 13 - IV Encontro de Técnicos e Iluminadores da Bahia

Dias 14, 15 e 16 - das 10h às 13h - Oficina "ILUMINAÇÃO CÊNICA EM MICRO ESCALA: PENSANDO E PROJETANDO COMO ILUMINADOR"; Público: iniciantes, pessoas que já tenham tido algum contato com iluminação cênica. Vamos abrir inscrição na semana anterior, se pudermos antes.

 Inscrições através do e-mail inscricoesenxurrada@gmail.com (20 vagas). Os interessados deverão enviar o e-mail com nome completo, data de nascimento, contato, área de atuação/formação e um breve resumo de sua experiência e contato com iluminação cênica. As inscrições começam hoje (01) e terminam dia 10. No dia 11, será divulgada a lista dos selecionados pela fanpage do projeto no Facebook.

Dia 16 - 14h - II Debate de Iluminação Cênica e Valorização do Técnico na Bahia (Aberto ao públicomas funciona como finalização da oficina), ou seja, devem ser divulgados em conjunto com o título do Debate. (ou seja, a oficina é meio que parte da programação do debate)

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas