IBGE suspende provas de concurso para Censo 2021 após corte de verbas

brasil
06.04.2021, 10:29:00
Atualizado: 06.04.2021, 10:30:21
(Divulgação)

IBGE suspende provas de concurso para Censo 2021 após corte de verbas

Instituto diz que novo calendário vai depender de retorno sobre orçamento

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) disse nesta terça-feira (6) que suspendeu as provas dos concursos para o Censo 2021.

A decisão vem depois que o Orçamento deste ano foi aprovado pelo Congresso com apenas R$ 71 milhões para realização da pesquisa. O texto ainda aguarda sanção do presidnete Jair Bolsonaro.

O IBGE avalia que o valor inviabiliza fazer o censo. Por conta disso, resolveu suspender as provas do concurso para agente censitário e recenseador, que aconteceria nos dias 18 e 25 deste mês. 

Agora, o instituto diz que vai avaliará com o Cebraspe um novo planejamento para aplicar as provas, dependendo de uma posição do Ministério da Economia sobre o orçamento para o censo.

Oo valor previsto para a pesquisa foi reduzido no orçamento de R$ 2 bilhões para R$ 71 milhões. Um documento foi encaminhado para Arthur Lira (PP-AL), presidente da Câmara, e Rodrigo Pacheco (DEM-MG), presidente do Senado, defendendo a integralidade do orçamento para a pesquisa. Treze membros da Comissão Consultiva do Censo Demográfico, entidade independente que auxilia o IBGE, assinaram a carta.

Os integrantes da Comissão Consultiva alertam na carta que, “se os recursos não forem aprovados agora, será impossível manter o trabalho contínuo” para a execução do Censo no segundo semestre deste ano.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas