Ilê Aiyê realiza oficinas de percussão, dança e estética afro

Guia
14.02.2017, 14:53:00
Atualizado: 14.02.2017, 14:53:14

Ilê Aiyê realiza oficinas de percussão, dança e estética afro

As inscrições abriram esta semana, com 960 vagas. As oficinas começam no dia 06 de março

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Na última segunda-feira (13), o bloco afro Ilê Ayê abriu inscrições para Oficinas de Percussão, Dança e Estética Afro, voltadas para jovens entre 15 e 21 anos, que vivem em situação de risco, em comunidades carentes de Salvador.

(Foto: Divulgação)


São ofertadas 960 vagas e as inscrições estão sendo realizadas na sede do bloco, no Curuzu, e nos Centros Sociais Urbanos de Mussurunga e de Valéria, mediante cópias de RG e CPF do aluno e do responsável e comprovante de residência. As inscrições ficam abertas até o preenchimento total das vagas. Os oficinas começam dia 06 de março.

A ação afirmativa é uma parceria entre a Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS) e o Ilê Aiyê, e faz parte do programa Pacto Pela Vida, que busca o protagonismo juvenil e o exercício da cidadania

A ação terá duração de seis meses. As oficinas acontecerão nos turnos matutino e vespertino, nos CSUs de Mussurunga e Valéria, e na Senzala do Barro Preto, no Curuzu (Liberdade). 

Cursos de percussão, dança e estética afro

Turnos: Matutino ou Vespertino
Quantidade de vagas: 960
Locais de realização: Curuzu, Mussurunga e Valéria
Locais de inscrição: Sede do Ilê Aiyê no Curuzu e Centro Social Urbano de Mussurunga e Valéria
Início das inscrições: 13 de Fevereiro, ás 10h
Faixa Etária: de 15 a 21 anos
Documentos necessários: Cópia de Rg e Cpf do aluno e do responsável e comprovante de residência
Informações: 2103-3400

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas