'Lamento informar que estou muito bem e viverei por muito tempo', diz Bolsonaro

brasil
08.07.2020, 12:16:57
Atualizado: 08.07.2020, 12:29:58
(Foto: Agência Brasil)

'Lamento informar que estou muito bem e viverei por muito tempo', diz Bolsonaro

De acordo com presidente, nenhum país do mundo enfrentou a pandemia tão bem quanto Brasil

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Um dia após confirmar que está com covid-19, Jair Bolsonaro disse que está bem melhor e apontou a hidroxicloroquina como responsável pela evolução em seu estado de saúde.

"Lamento informar que estou muito bem com seu uso e, com a graça de Deus, viverei ainda por muito tempo", disse o presidente.

Bolsonaro está recluso, e ontem anunciou que continuará trabalhando por videoconferência. Ele alfinetou os críticos à hidroxicloroquina que, segundo disse, torcem contra, mas não apresentam alternativas. O remédio não tem eficácia comprovada e estudos foram suspensos após o medicamento aumentar a taxa de mortalidade em alguns casos.

De acordo com o presidente, nenhum país do mundo fez tanto quanto o Brasil em relação ao combate à pandemia. "Preservamos vidas e empregos sem propagar o pânico, que também leva a depressão e mortes. Sempre disse que o combate ao vírus não poderia ter um efeito colateral pior que o próprio vírus."

Bolsonaro destacou em suas declarações o auxílio emergencial, pago a boa parte dos brasileiros durante a quarentena que paralisou as atividades econômicas do país.

"O nosso governo atendeu a todos com recursos e meios necessários. Mais ainda, criamos meios para preservar empregos e auxiliamos com 5 parcelas de R$ 600,00 um universo de 60 milhões de informais/invisíveis", afirmou.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas