Lazzo celebra 40 anos de carreira em show dançante na Concha Negra

entretenimento
24.01.2020, 08:20:00

Lazzo celebra 40 anos de carreira em show dançante na Concha Negra

Com banda formada por 12 músicos, cantor ainda convida artistas para a comemoração

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Nome referencial na história da música negra da Bahia, influenciada tanto pela matriz africana quanto pelos ritmos caribenhos e pela levada jamaicana do reggae, Lazzo Matumbi comanda a mais nova edição do Concha Negra, que acontece neste sábado (25), na Concha Acústica.

"Preparei um baile dançante, onde eu trago meus sucessos, e também pitadas de coisas novas que estão no meu disco mais recente, só para dar uma mostrada. Batizei o show de Nosso Jeito de Ser, para mostrar essa minha história, mas também a história da Bahia, do Nordeste, que ainda hoje é vista de forma negativa e pejorativa", explica Lazzo sobre o show, que chega pela primeira vez a um palco como o da Concha.

"Um lugar grande, mas familiar, onde você fica muito próximo ao público, então você se consagra. Sendo um artista baiano, me sinto numa reponsabilidade ainda maior de pisar naquele palco e de levar um trabalho de qualidade", admite.

"Passar quarenta anos, e não se corromper, fazer música de qualidade, com compromisso, músicas que passado todo esse tempo todo mundo canta até hoje, é uma 'responsa' que eu tenho, e que eu preciso devolver ao meu público" - Lazzo Matumbi

(Foto: Paula Alfamor/ Divulgação)

Além de mostrar o que há de bom por aqui e de enaltecer, fortalecer e dar visibilidade às culturas negras, o cantor aproveita a oportunidade para celebrar seus 40 anos de carreira.

Numa rara oportunidade reúne 12 músicos que o acompanham a longas datas, e ainda convida artistas de diferentes gerações para participações especiais, a exemplo do grupo de rap Opanijé, que recentemente gravou Do Jeito Que Seu Nego Gosta, um clássico de seu repertório, e das cantoras Aiace Félix e Michaela Harrison. Com a primeira, Lazzo divide os vocais da faixa Nega Margarida/ Minha Menina, presente no disco dela; e com a segunda, vem acumulando duetos em shows pela cidade.

Quem abre a noite é a galera do Ministereo Público, que se inspira em uma das mais sólidas tradições da Jamaica, a cultura do sound system. "Os caras são muito bons, e já vão deixar a galera preparada para o meu show", adianta Lazzo, para quem a parceria recente com artistas que têm movimentado a cena com boas produções é um respiro à sua própria carreira. "É maravilhoso juntar e trocar essa energia. E esse tipo de coisa tem sido recorrente. Fiz trabalhos com Pitty, Larissa Luz, IFÁ, Baiansystem...É algo novo para mim, e muito bom, porque preciso desse oxigênio para continuar por mais 40 anos", brinca.

Serviço: Concha Acústica do TCA (Campo Grande). Sábado (25), às 19h. Ingressos: R$ 30 | R$ 15. Vendas na bilheteria do TCA, nos SACs dos shoppings Barra e Bela Vista ou pelos canais da Ingresso Rápido.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas