MAB oferece programação infantil e gratuita até dezembro

entretenimento
02.10.2017, 20:00:00
Espetáculos infantis ocorrem em todos os sábados da programação. Na foto, a Cabriola Cia de Teatro (Foto: Divulgação)

MAB oferece programação infantil e gratuita até dezembro

Em homenagem ao mês das crianças, museu disponibiliza oficinas, peças teatrais educativas e uma exposição interativa

O mês das crianças começa a semana com brincadeiras que sabem falar sério e que pretendem não acabar onde começaram. A partir desta terça-feira (3), o Museu de Arte da Bahia, localizado no Corredor da Vitória, articula ações gratuitas e integradas, todas voltadas para o público infantil. O local disponibiliza, ao longo da programação, oficinas, peças de teatro e uma exposição. Estímulos para a sociabilidade e proatividade, importância do trabalho em equipe, da imaginação e das expressões artísticas, são alguns dos pontos valorizados e emitidos de formas lúdicas nos projetos da iniciativa, que segue até o dia 29 de dezembro.

A exposição Lugar de Criança é no Museu conta com ambiente interativo e abre a programação infantil do MAB com desenhos de Nildão
(Foto: Divulgação)

A programação é aberta com a mostra Lugar de Criança é no Museu, que reúne três ambientações e mais de 40 cartuns do artista Nildão na sala de exposições temporárias do MAB. A exposição, que explora a fantasia através de uma abordagem bem-humorada e repleta de críticas que relembram a conexão do homem com a natureza e com a sociedade, foi especialmente montada para instigar a curiosidade infantil e impulsionar a criatividade e reflexão da criançada.

Nildão é cartunista e designer, formado pela Facom/UFBA, e possui livros nos gêneros cartum, grafite e poesia. Publicou na Folha de S. Paulo, Veja, Ele&Ela e na revista Status Humor. O profissional já ganhou prêmios em Salões de Humor e, na publicidade, se destacou com a vitoriosa campanha de cartuns feita para a Bahiatursa, que o levou a participar do Festival de Cannes. Conheça mais o trabalho de Nildão no site oficial do designer. 

A mostra de Nildão fica aberta ao público do começo ao fim do projeto, sendo a única parte da programação que fica disponível por mais de um único dia. É possível conferir a exposição desta terça (3) até o dia 29 de dezembro, sempre de terça a sexta, das 13h às 19h, e aos sábado, domingos (alternados) e feriados, das 14h às 18h.

Na primeira sala, a mostra convida os pequenos para explorar os mistérios da noite na sala A Noite é Uma Criança, onde estrelas e planetas são destacados em quadros, adesivos e cartuns, em um local com iluminação específica para realçar a beleza das luzes noturnas. No ambiente, as crianças podem matar curiosidades sobre o universo enquanto brincam. Lá, elas recebem, por exemplo, bambolês que representam os anéis de Saturno.

Na galeria O Bicho Vai Pegar, as ilustrações de Nildão representam solidariedade entre os seres vivos
(Foto: Divulgação)

Animais fantasiosos habitam a galeria O Bicho Vai Pegar, com cartuns que ilustram os bichos em situações curiosas que servem como metáforas para noções como a de solidariedade e outras interligações entre os seres vivos.

Em um terceiro ambiente, a exposição abriga também um espaço dedicado à brincadeira, onde as crianças podem desenhar, colorir e explorar jogos, interagindo criativamente com os cartuns. Na sala interativa, a garotada ganha lápis de cor e um caderninho, que podem levar para casa e escolher onde utilizar.

 Núcleo Circo Único faz oficina e apresentação no sábado (21)
(Foto: Divulgação)

Além da exposição, o local reúne teatro, música e oficinas que animam as tardes de sábado com apresentações dos grupos Canela Fina, Viapalco, Núcleo Circo Único e Cabriola Cia de Teatro. As atividades acontecem nos dias 7, 14, 21 e 29, sempre a partir das 15h. "Caso cheguem e a oficina do dia esteja lotada, podem levar a criança para curtir a exposição e a parte interativa enquanto aguardam a peça começar", pondera Alice Lacerda, uma das organizadoras do projeto.

No sábado (7), às 15h, a oficina circense com Grupo de Teatro Via Palco, leva para a criançada aulas de malabarismo e outros ensinamentos que ajudam no senso de direção e reflexo, além de colaborarem com o trabalho em equipe, já que as aulas são feitas com divisões de grupos que, no fim, trabalham juntos. No mesmo dia, às 16h30, acontece o espetáculo teatral Meu Quintal, com Grupo de Teatro Via Palco. A peça propõe reflexão sobre a importância do brincar com a imaginação e a criatividade, promovendo o desenvolvimento psicomotor, o exercício dos valores morais, a dinâmica das relações criança-criança e adulto-criança.

Já no sábado seguinte (14), a oficina de origamis com Cabriola Cia de Teatro ocupa o horário das 15h, enquanto, às 16h, o espetáculo teatral Cordel das Fábulas Fabulosas toma conta do espaço, com a Cabriola Cia de Teatro. O texto apresenta elementos lúdicos e pedagógicos, onde as histórias são protagonizadas por animais que possuem características humanas.

Dando sequência, no sábado do dia 21, a oficina de brincadeiras com Núcleo Circo Único começa às 15h. E, logo após, às 16h30, começa o espetáculo teatral O Casamento do Palhaço, também com o Núcleo Circo Único. A peça é uma comédia romântica que narra a história de um palhaço/mágico que, no dia do seu casamento, é abandonado pela noiva.

Grupo Canela Fina faz apresentação e ministra oficina musical no domingo (29)
(Foto: Divulgação)

Para finalizar as programações, no domingo da última semana (29), a oficina de musicalização chega às 15h com o Grupo Canela Fina. Com instrumentos diversos, as aulas são dedicadas para crianças de 4 a 10 anos, e atentam para a importância da arte e da música, servindo como suporte para vias de atenção das mentes em desenvolvimento. Às 16h30, o mesmo grupo faz um pocket show.


Veja mais informações no site oficial do projeto.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas