Médica é agredida por casal após solicitar que eles fizessem teste para covid-19

brasil
31.01.2022, 15:46:33
Sabrina recebeu socos e teve cabelo puxado (Foto: Reprodução)

Médica é agredida por casal após solicitar que eles fizessem teste para covid-19

Dupla queria conseguir atestado e se revoltou com pedido da profissional de saúde

Um casal agrediu uma médica com puxões de cabelo e socos no rosto em um posto de saúde de Novo Gama, no Distrito Federal. As agressões aconteceram pois a dupla solicitava um atestado médico para covid-19 e a profissional de saúde pediu um teste para fornecer o documento, o que provocou a revolta deles.

O esposo da médica, que também estava de plantão na unidade, tentou separar a briga, informou o g1.

O casal foi conduzido pela Guarda Civil para a delegacia na noite de quinta-feira (27), junto com a profissional, onde assinaram Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por lesão corporal e foram liberados.

A médica agredida era a dermatologista Sabrina de Oliveira Lacerda, de 28 anos. Ela fazia plantão na unidade como clínica geral no dia da agressão. Ela sofreu ferimentos no rosto, segundo a corporação.

A prefeitura da cidade divulgou nota de repúdio contra a agressão e disse que que está tomando as medidas judiciais necessárias. "Repudiamos veementemente as agressões sofridas por nossos colaboradores, empenhados no trabalho de salvar vidas, e se solidariza com as equipes e família", destaca a nota.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas