Morre Carlos Amadeu, ex-técnico de Bahia, Vitória e seleção sub-20

e.c. bahia
15.11.2020, 18:11:00
Atualizado: 15.11.2020, 20:08:16
Amadeu tinha 55 anos e passou pela seleção brasileira sub-20 (Rafael Ribeiro/ CBF)

Morre Carlos Amadeu, ex-técnico de Bahia, Vitória e seleção sub-20

Baiano de 55 anos teve um ataque cardíaco e não resistiu

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O futebol está de luto. O baiano Carlos Amadeu, ex-treinador de Bahia, Vitória e Seleção Brasileira sub-20, faleceu neste domingo (15) aos 55 anos. O técnico estava trabalhando no time sub-19 do Al-Hilal, na Arábia Saudita. Segundo informação divulgada pelo clube, a causa foi um ataque cardíaco.

"O quadro diretor presidido por Fahad Bin Saad Bin Nafel e empregados do clube ofereceram sinceras condolências e empressaram simpatia à família do técnico brasileiro sub-19, Carlos Amadeu, que faleceu neste domingo após um ataque cardíaco em sua casa, em Riad. O Al-Hilal oferece condolência à Confederação Brasileira de Futebol, jogadores e treinadores", diz a nota.

Carlos Amadeu tem uma relação íntima com o futebol baiano. Foi o Bahia, por exemplo, quem o revelou como jogador. Ex-lateral-esquerdo criado nas categorias de base do clube, subiu ao time principal aos 19 anos. Foi campeão baiano em 1984. Teve que aposentar aos 23 anos por conta de uma fratura exposta no antebraço, que lhe custou três cirurgias. Também atuou pelo Galícia.

Ele também passou, como técnico, na base do próprio Esquadrão, comandando os times sub-17 e sub-20 entre 2015 e 2017. Amadeu também chegou a assumir o time profissional do Bahia interinamente na temporada 2005.

No Vitória, o caminho foi de sucesso. Ele esteve no clube pela primeira vez entre 1992 e 1995, nas categorias de base. Depois, retornou em 2009. O ponto alto foi no ano de 2012, quando conduziu a equipe sub-20 ao título da Copa do Brasil da categoria. 

Na categoria profissional, Carlos Amadeu vai comandou o Vitória no ano passado, durante a Série B. Ele já havia trabalhado como auxiliar técnico e também como treinador interino em 2014 e 2015.

O bom trabalho o levou a comandar a base da seleção brasileira, por onde ficou entre 2015 e 2019. Entre as conquistas com a camisa verde e amarela está o título do Sul-Americano com o time sub-17, em 2017. Ele foi demitido no início desta temporada após não conseguir bom desempenho na mesma competição com a equipe sub-20 e deixar escapar a vaga no Mundial.

Acertou com o Bahia para treinar o sub-20 do Esquadrão, mas deixou o clube durante a pandemia de covid-19 para ser o comandante do Al-Hilal. 

Além de trabalhar clubes profissionais, Amadeu também foi professor de educação física em diversos colégios da capital baiana, a exemplo de São Paulo, Diplomata, Integral e Villa. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas