Nadal e Federer vão às oitavas de final do Aberto da Austrália

esportes
18.01.2019, 16:15:00
Atualizado: 18.01.2019, 16:15:52
Roger Federer está nas oitavas de final na Austrália (David Gray/AFP)

Nadal e Federer vão às oitavas de final do Aberto da Austrália

Atual campeã feminina é eliminada

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Dois dos maiores favoritos ao título do Aberto da Austrália, o primeiro Grand Slam da temporada, já estão nas oitavas de final. Nesta sexta-feira (18), o espanhol Rafael Nadal e o suíço Roger Federer, atual bicampeão em Melbourne, venceram os seus jogos em sets diretos - 3 a 0 - e terão desafios mais complicados pela frente na luta por vaga nas quartas.

Número 2 do mundo e ainda com esperanças de terminar o Grand Slam como líder do ranking da ATP - precisa ser campeão e o sérvio Novak Djokovic não chegar às oitavas -, Nadal encarou pela terceira vez um tenista da casa. Contra Alex de Minaur, cabeça de chave 27, o espanhol só teve trabalho no terceiro set - parciais de 6/1, 6/2 e 6/4 -, quando o australiano se superou e chegou a salvar cinco match points no game final.

Seu próximo adversário tem até um ranking pior que De Minaur, mas promete dar muito trabalho. Trata-se do checo Tomas Berdych, que é um ex-Top 10 e atualmente está em 57º lugar por ter passado por um período de lesões recentemente. Nesta sexta, superou o argentino Diego Schwartzman, cabeça de chave 18, em uma virada por 3 a 1, com parciais de 5/7, 6/3, 7/5 e 6/4, após 3 horas de jogo.

Com dificuldades apenas no segundo set, Federer passou pelo norte-americano Taylor Fritz, de 21 anos, com as parciais de 6/2, 7/5 e 6/2. A partida foi a 100ª do suíço na Rod Laver Arena, o principal estádio do Aberto da Austrália - são 97 vitórias e apenas três derrotas. Na história dos Grand Slams, o número 3 do mundo avança pela 63ª vez às oitavas de final em 75 participações - em Melbourne são 17 classificações em 20 anos.

O próximo adversário de Federer promete ser casca grossa. Será o grego Stefanos Tsitsipas, um dos tenistas da nova geração, que nesta sexta-feira bateu o georgiano Nikoloz Basilashvili por 3 a 1, com parciais de 6/3, 3/6, 7/6 (9/7) e 6/4. Com 20 anos, ele já é o 15º colocado do ranking e no ano passado surpreendeu com vitórias importantes contra Tops 10, como Nadal.

Os dois nunca se enfrentaram pelo circuito profissional, mas recentemente duelaram pela Copa Hopman, tradicional torneio misto entre nações que abre a temporada, mas que não conta pontos para a ATP. O suíço levou a melhor em sets diretos, mas precisou de dois tie-breaks para superar o rival grego.

No feminino, a atual campeã do Aberto da Austrália, Caroline Wozniacki, foi eliminada na terceira rodada em um confronto de ex-líderes do ranking da WTA. A número 3 do mundo perdeu por 2 sets a 1, com parciais de 6/4, 4/6 e 6/3, para a russa Maria Sharapova, a 30ª colocada no ranking. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas