Nova canção de Mundo Bita ensina crianças a lidar com a tristeza; ouça

em alta
05.06.2022, 09:05:00

Nova canção de Mundo Bita ensina crianças a lidar com a tristeza; ouça

A canção faz parte do projeto Bita e os Sentimentos

Como fica a pessoa quando se sente triste? É ruim, incômodo, uma sensação de impotência que domina a todos nessa situação. Os adultos já passaram por isso, mas muitas crianças estão se deparando com esse sentimento pela primeira vez.

Lidar com as emoções pode ser um desafio, por isso, o Mundo Bita lançou, na sexta-feira, 3, a música A Tristeza Vai Passar. O Mundo Bita é um projeto de entretenimento infantil criado pelo músico e designer Chaps Melo em 2010.

A canção faz parte do projeto Bita e os Sentimentos, temporada que já contou, entre outros, com a participação do músico Emicida e falou sobre o amor, a raiva e a alegria.

Em A Tristeza Vai Passar, o protagonista observa o planeta Terra e reflete sobre acontecimentos que entristecem os personagens. Os amigos de Bita também se sentem tristes com outras situações: Lila lamenta a boneca quebrada, Tina fica chateada ao ver a mãe sair para trabalhar e Dan e Tito, que são grandes amigos, brigam

ABRAÇOS
Para lidar com a tristeza, o Mundo Bita propõe para as crianças recorrer a empatia e paciência, como se fossem ingredientes capazes de mandar o sentimento embora. Um abraço também pode ser significativo.

A intenção não é mascarar o que se sente, mas aprender que é possível ficar triste e entender que essa é uma resposta a algo desagradável. E que, mesmo que demore um pouquinho, vai passar. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas